A indenização por danos morais, de R$ 60 mil, é o que Zeca Camargo terá que pagar para o pai do cantor Cristiano Araújo e à empresa que cuidava da carreira do artista.

A ação foi judicializada por causa da crítica feita pelo apresentador sobre a intensa cobertura do acidente que vitimou o sertanejo Cristiano Araújo, morto em 2015, e também pelo alcance gerado pela sua fama. De acordo com o pai de Cristiano Araújo, “o dano moral se deu no momento em que o requerido ‘debochou’ desse sentimento em uma crônica cruel, infundada, insensível e preconceituosa”.

A sentença foi aplicada pela juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cível de Goiânia, e publicada no “Diário de Justiça” de Goiás nesta terça-feira (24). Pela decisão, metade do valor deverá ser pago a João Reis de Araújo, pai de Cristiano Araújo, e a outra metade à empresa que cuidava da carreira do cantor, C. A. Produções Artísticas.

Zeca Camargo tem 15 dias para recorrer da decisão.