Foto: Sopa Images/Getty Images

YouTube remove mais de 1 milhão de vídeos com notícias falsas sobre a Covid-19

Foram excluídos conteúdos considerados perigosos, como alegações de curas milagrosas cientificamente desmentidas e dados falsos sobre a pandemia.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A plataforma de vídeos YouTube, removeu desde de fevereiro deste anos, mais de 1 milhão de vídeos com desinformações e fake news relacionadas à Covid-19. Estes dados foram disponibilizados no dia 26 de agosto, através de um relatório que foi assinado pelo Chefe de Produtos da rede social, Neil Mohan.

“No meio de uma pandemia global todos deverão estar armados com as melhores informações disponíveis para se manterem seguros e às suas famílias”, disse Mohan. O conteúdo que foi apagado da plataforma, foi considerado como perigoso para o público, como por exemplo, alegações sobre curas milagrosas cientificamente desmentidas e dados falsos sobre a pandemia.

Como base para orientar sua ferramenta de exclusão dos conteúdos, o YouTube disse que levou em consideração, informações sobre o novo Coronavírus divulgadas por órgãos oficiais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Centro de Controle de Doenças Infecciosas dos EUA (CDC).

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.