Jorge Hely/Framephoto/Estadão Conteúdo

Wilson Witzel passa mal e vai parar em hospital

Ele foi atendido e diagnosticado com uma infecção.

Um dia após ser afastado do cargo de governador, Wilson Witzel passou mal e foi parar no Hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, na manhã deste sábado (29). Ele foi atendido e diagnosticado com uma infecção. “Após ser atendido e passar por exames, foi diagnosticado com infecção, medicado e liberado em seguida, retornando para o Palácio Laranjeiras”, disse em nota o Partido Social Cristão (PSC), ao qual Witzel é filiado.

Afastamento de Witzel

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou, nesta sexta-feira (28), o afastamento imediato por 180 dias, do governador Wilson Witzel (PSC) do cargo por irregularidades na saúde. De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), existiam três grupos com grande influência no governo do estado.

Além de Witzel, foram denunciados pelo MPF a primeira-dama, Helena Witzel, e outras sete pessoas por corrupção (ativa e passiva) e lavagem de dinheiro. A denúncia apresentada ao ministro Benedito Gonçalves, do STJ, aponta que o governador utilizou-se do cargo para estruturar uma organização criminosa que movimentou R$ 554.236,50 em propinas pagas por empresários da saúde ao escritório de advocacia de sua esposa.

O casal foi denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na forma de crime continuado, reiterado por 25 vezes. Na petição, o MPF pede a condenação dos acusados, a decretação da perda do cargo público de Wilson Witzel e o pagamento de indenização mínima de R$ 1.108.473,00 aos cofres públicos.

Fonte: O Dia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também