O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), anunciou nesta quinta-feira (22), em entrevista coletiva à imprensa, quatro novos titulares de pastas que irão compor a estrutura do futuro Governo do Estado. A bióloga Ana Lúcia Santoro ocupará a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade; a jornalista e ex-diretora de projetos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Complexo da Maré, Fabiana Bentes, será a titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; o médico e diretor-geral do Hospital Pedro Ernesto, Edmar Santos, assumirá a Secretaria de Saúde; e o engenheiro agrônomo e bacharel em Direito Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho irá para a Secretaria de Fazenda. Com o anúncio, já estão confirmados onze secretários do futuro Governo.

Durante a entrevista coletiva, Wilson Witzel também anunciou os nomes dos futuros presidentes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e do Detran. O engenheiro Uruan Cintra de Andrade irá presidir o DER. Para o Detran foi escolhido Luiz Carlos das Neves, sargento da FAB, capitão da PM e ex-auditor-chefe da Auditoria Financeira do Detran por mais de dez anos.

O governador eleito destacou o trabalho dos futuros secretários nas respectivas áreas de atuação e o que o seu governo irá desenvolver nas pastas.

“Estamos formando um secretariado técnico. Todos são muito capacitados em suas áreas de atuação e, assim, vamos trabalhar para transformar o estado do Rio”, afirmou Witzel.

Ana Lúcia Santoro destacou o compromisso com a sustentabilidade:

“Assumirei essa pasta com muita seriedade e conhecimento técnico. O nome da secretaria agora é do Ambiente e Sustentabilidade e esta é a palavra agregadora entre desenvolvimento econômico e comprometimento ambiental”, afirmou.

A futura secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiana Bentes, se disse motivada com o desafio.

“Eu entrei na comunidade da Maré em 2015 com o objetivo de fazer bastante coisa. Não consegui fazer tudo, mas vou continuar tentando. É o mesmo que digo sobre o desafio de assumir esta pasta: vou fazer o máximo para avançarmos a área da assistência social, estou muito motivada”, afirmou Bentes.

O diretor do Hospital Estadual Pedro Ernesto, Edmar Santos, afirmou que buscará fazer a articulação entre os diferentes entes federativos quando assumir a Secretaria e Saúde.

“Vamos trabalhar com transparência em todas as ações e procedimentos, com liderança participativa e eficiência na gestão. E buscar essa discussão para integrar coletivamente os diferentes atores que atuam na saúde do Rio, porque a gente entende que numa construção colaborativa a gente tem soluções que são mais consistentes e mais duradouras” disse.

Luiz Claudio de Carvalho, que assumirá a Fazenda, afirmou que enfrentará o desafio de enfrentar a crise fiscal em que o Estado se encontra, com a ideia de implantar uma política fiscal austera, buscando o ajuste de receitas e o aumento da arrecadação.

“Trata-se de uma agenda de reconstrução e renegociação das condições fiscais do Estado, que abrange a racionalização de gastos e negociações com o Governo Federal”, disse.

 

NOVOS INTEGRANTES

– Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade

Ana Lucia Santoro: 33 anos, é bióloga, mestre e doutora em Ecologia pela UFRJ. Em 2011, atuou como Bióloga Sênior na Fundação Rio-Águas, na Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente do Rio de Janeiro. Foi pesquisadora do Laboratório de Biogeoquímica e professora convidada nos cursos de graduação da UFRJ em 2009, 2013 e 2015. Realizou intercâmbio para ensino e pesquisa nos Departamentos de Ecologia e Limnologia das Universidades de Aarhus, Uppsala e Estocolmo (Dinamarca/ Suécia), entre 2008 e 2010.

 

​- Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos

Fabiana Bentes: 43 anos, é vice-presidente dos Conselhos de Esporte e Segurança da Associação Comercial do Rio de Janeiro e presidente da Sou do Esporte, associação sem fins lucrativos reconhecida internacionalmente pela organização Play The Game da Dinamarca, que combate a corrupção no esporte na Europa. É jornalista e pós-graduada em Relações Internacionais pela PUC-RJ com MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral. Foi diretora de projetos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Complexo da Maré no Rio, liderando o projeto “Maré que Transforma”, que engloba ações contra a violência doméstica.

 

– Secretaria de Estado da Saúde

Edmar Santos: 49 anos, é diretor-geral do Hospital Universitário Pedro Ernesto. Doutor em Biociências Nucleares e mestre em Fisiopatologia pela Uerj, pós-graduado em Ensino pela UFRJ e professor associado de anestesiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Uerj. Tem MBA em gestão pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foi superintendente de Saúde da Uerj.

 

– Secretaria de Estado de Fazenda

Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho: 50 anos, é Coordenador da Administração Tributária da Secretaria de Fazenda de São Paulo. Engenheiro agrônomo pela ESALQ/USP e bacharel em Direito pela Faculdade do Largo São Francisco (USP), foi fiscal tributário no Mato Grosso do Sul e ingressou na carreira de agente fiscal de rendas em São Paulo em 2002. Foi diretor-adjunto da Diretoria Executiva de Administração Tributária de 2015 a 2016 e coordenador-adjunto da Coordenadoria da Administração Tributária da Sefaz-SP de 2016 a 2017.

 

– Presidência do Departamento de Estradas de Rodagem (DER)

Uruan Cintra de Andrade: 66 anos, engenheiro formado pela Universidade Gama Filho. Atuou nas áreas de gestão operacional, comercial e de equipamentos na TELERJ e como gestor de Projetos Estratégicos de infraestrutura no Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro. Atualmente, presta assessoria parlamentar na Câmara dos Deputados.

 

– Presidência do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran)

Luiz Carlos das Neves: 52 anos, é bacharel em Direito pela PUC-RJ e pós-graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É servidor de carreira do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), atua há 15 anos como auditor-chefe da Auditoria Financeira do Detran e integrou a Procuradoria Geral do TCE-RJ. Foi professor na Escola de Comando e Estado Maior da Aeronáutica (ECEMAR) nos cursos de pós-graduação MBA em Gestão de Política e Defesa, em Gestão de Processos e em Gestão de Serviços de Saúde.