WhatsApp corrige falha de segurança e pede que usuários atualizem o app

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O WhatsApp informou nesta madrugada que detectou uma brecha de segurança em seu app. A falha permitia que hackers instalassem “programas-espiões”, conhecidos como spyware, para monitorar as atividades dos usuários e acessar conteúdo dos smartphones. Em comunicado à imprensa, o WhatsApp pede que seus usuários atualizem o aplicativo para a versão mais recente, a 2.19.134. Esta versão corrige a falha de segurança.

A empresa afirmou ainda que algumas dezenas de usuários tiveram seus dados acessados por meio da brecha. Segundo o WhatsApp, o ataque dos hackers foi especificamente direcionado para algumas pessoas, e portanto não foi uma ação de larga escala.  O programa-espião instalado nos smartphones contaminados é semelhante a uma tecnologia criada pela empresa de segurança israelense NSO Group.

A brecha foi detectada no início de maio, quando o WhatsApp trabalhava para melhorar a segurança das chamadas de áudio. Por enquanto, não se sabe quanto tempo duraram as atividades de espionagem.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.