Em 1976, surgia na cidade do aço, sede da principal fábrica da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que é o motor empregatício e econômico da cidade, o Volta Redonda Futebol Clube, que leva o nome da cidade emancipada do município de Barra Mansa em 1954.

O time foi formado a partir da fusão de dois clubes da cidade, o Flamenginho e o Guarani, a necessidade se deu em função da fusão da cidade-estado da Guanabara com o Rio de Janeiro em 1975 e com isso as federações de futebol da capital, onde estavam Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco e a federação do recém-criado interior do Rio, com os dois clubes de Volta Redonda, Goytacaz, Serrano, Barra Mansa, entre outros, criou a necessidade da cidade do sul do estado possuir apenas um time, para poder representa-lá com dignidade em certames futuros.

O novo clube no mesmo ano em que foi concebido, disputou a série A do campeonato brasileiro, jogando as edições de 1976,1977 e 1978, tendo sua melhor participação em 78 quando terminou na 32ª colocação entre 74 times, o campeão daquele ano foi o Guarani de Campinas.

O clube figurou na primeira divisão durante os anos 1980 e 1990, sempre alternando entre rebaixamentos e acessos, nenhuma campanha de grande destaque, seu primeiro título foi o campeonato carioca da segunda divisão de 1987, repetindo o feito em 1990 e 2004, anos depois em 1994 venceria a Copa Rio, derrotando o Fluminense na final do torneio seletivo a Copa do Brasil do mesmo ano, o time venceu essa competição no ano seguinte a histórica conquista e dessa vez de forma invicta, o feito foi repetido em 1999 e 2007.

Em 2005 os times do interior surpreenderam as grandes equipes no campeonato estadual daquele ano, na Taça Guanabara, o time chegou a final após eliminar a Cabofriense numa semifinal inédita entre clubes do interior e vencer novamente numa final surpreendente o Americano de Campos, pela primeira vez dois times do interior do Rio decidiam um turno de campeonato carioca e a final foi no Maracanã, naquele ano além do título do primeiro turno o time ficou com o vice-campeonato estadual ao perder a final para o Fluminense, vencendo o primeiro jogo no Maracanã por 4 a 3  e perdendo a segunda partida por 3 a 1.

11 anos depois e com um regulamento diferente no campeonato estadual o time fatura a Taça Rio, só que a galeria de glórias do Volta Redonda não se resume apenas aos certames locais, a nível nacional o time foi vice-campeão da terceira divisão do brasileirão de 1995, ganhando o direito de disputar as séries B de 1996, 1997 e 1998, voltando a terceira divisão de 1999 sendo rebaixado juntamente com o Fluminense que atravessava grave crise naquela data.

Em 2016 o time venceu o campeonato brasileiro da quarta divisão, chamada de Série D, o time garantiu o título de forma invicta e derrotou o CSA de Alagoas na final do certame, com uma goleada de 4 a 0 e empate de 0 a 0, na soma dos dois jogos.

Alguns jogadores importantes começaram sua carreira no Voltaço, como é apelidado o clube por seus torcedores, exemplos são: Felipe Melo (atualmente no Palmeiras e titular na Copa de 2010), Dedé (bi-campeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014), Lopes Tigrão (artilheiro da Libertadores de 2001 pelo Palmeiras), Jonílson ( com passagens por Vasco, Botafogo e Atlético Mineiro), entre outros jogadores, passaram por lá também alguns grandes atletas já veteranos como Júnior Baiano, Sérgio Manoel e Túlio Maravilha e treinadores de destaque como Abel Braga (atualmente no Fluminense).

(imagem retirada do jornal Gazeta de Alagoas)