Uma competição que primou pela qualidade organizacional, com adversários bem preparados e que serviu como uma excelente experiência para o jovem time feminino de voleibol de Cordeiro. Essa foi a avaliação do secretário de Esporte e Lazer de Cordeiro, Jairo Amaral, após a Primeira Etapa da Liga Serrana de Voleibol, disputada no Ginásio Paulo César Marra de Moraes, no Nova Friburgo Country Clube.

Segundo o treinador cordeirense, professor Geovaneo Gomes, as partidas foram extremamente difíceis, até em virtude da qualidade técnica dos clubes participantes. Cordeiro acabou ficando na quinta colocação num torneio disputado por equipes como Petrovolei, Petropolitano e Petro Cats, todas da cidade de Petrópolis; Nova Friburgo Country Clube; Clube Comary, de Teresópolis; e Papucaia.

Confira a performance das meninas: Cordeiro 0 X 2 Petrovolei (18/21 e 15/21); Cordeiro 1 X 2 Petropolitano (18/21, 21/17 e 13/15); Cordeiro 0 X 2 Comary (19/21 e 17/21). “Apesar das derrotas, exatamente porque estamos no início de um trabalho e enfrentamos adversários duríssimos e que além da ótima estrutura também contam com patrocínios, estou certo de que iremos para a Segunda Fase, em maio, para sermos campeões e mostrar nossa força”, crê o técnico Geovaneo.

Relembrando que o voleibol cordeirense vem sendo alvo de um trabalho de reestruturação para colher os frutos num futuro próximo, Jairo Amaral destacou que os demais participantes atuam juntos há mais de cinco anos e que alguns deles, como o Clube Comary, por exemplo, tem a possibilidade de arcar com as despesas de todas as atletas. “Assim como o professor Geovaneo, acredito que iremos resgatar nossa autoestima e dar a volta por cima. Mas o que importa é reerguermos nosso voleibol”, aponta o secretário de Esporte de Cordeiro.

A quarta colocação ficou com o Pretovôlei, enquanto que o Clube Comary foi o terceiro. O time da casa, o Country Clube de Nova Friburgo, foi o grande campeão ao bater na finalíssima o Petropolitano por 2 sets a 1.

Fonte: Prefeitura de Cordeiro

Crédito da foto: Divulgação / Ascom Cordeiro-RJ