Aproximadamente 200 alunos de escolas da rede municipal de Educação receberão gratuitamente óculos em dezembro, durante o III Festival Imperial de Cinema de Petrópolis. A iniciativa, chamada de “Ação Social – Visão do Futuro” integra a programação do III Festival Imperial de Cinema de Petrópolis. Nesse sábado (24.11) alunos de sete escolas da rede municipal de Educação passaram por avaliação médica e exames específicos na Oftalmo Clinica, parceira do evento. Na ocasião, eles também puderam escolher as armações dos óculos que irão receber.

Mil crianças – entre 6 e 10 anos – participaram de uma triagem realizada nos últimos meses por técnicos voluntários do projeto. “Agradecemos a produção do evento que mais uma vez, junto com os outros parceiros, está garantindo uma qualidade de vida melhor para essas crianças. Esperamos que essa ação cresça a cada ano. A prefeitura estará sempre de portas abertas para o Festival”, disse o prefeito Bernardo Rossi.

Nesse sábado, os pais e responsáveis levaram para a clínica os estudantes em que foi identificada a necessidade de exames específicos. Todos os exames foram ofertados gratuitamente. “Nas crianças é notória a necessidade de uma boa visão para a aprendizagem. Nesses primeiros anos a visão ainda está em desenvolvimento por isso é tão importante que os exames sejam feitos nessa faixa etária. Tudo ocorreu da melhor forma possível e ficamos felizes com o resultado da ação”, explicou a Dra. Ana Luisa Aleixo.

Segundo Daniela Monteiro, organizadora do II Festival Imperial de Cinema de Petrópolis, a intenção é de que a ação cresça no próximo ano. “Desde a triagem até a escolha das armações, todas as etapas do projeto foram cumpridas com muita responsabilidade e carinho com as crianças. Acredito que esse projeto seja mais do que especial porque os óculos podem mudar a vida das crianças que precisam desse cuidado. Agradecemos os parceiros do projeto e vamos realizar a entrega dos óculos escolhidos durante uma sessão muito especial no Festival de Cinema”, disse.

A secretária de Educação, Marcia Palma, acompanhou o dia de exames na Oftalmo Clinica. “Esse projeto é um ganho para Educação. Nós, professores, sabemos o quanto um problema na visão pode atrapalhar a vida dos alunos na sala de aula e o quanto isso reflete no rendimento pedagógico. Tenho certeza que a vida de cada um deles vai melhorar”.

Alessandra Faria Queiroz levou a filha, Yasmin de 8 anos para fazer os exames e gostou muito do atendimento. “Eles foram muito carinhosos. Havia notado uma dificuldade nela durante as aulas e agora tenho certeza que ela realmente precisa usar os óculos. Agradeço muito a doação porque eu sei que vai fazer toda diferença na vida da minha filha”.

Participaram dos exames nesse sábado alunos das escolas: Rosalina Nicolay, Luiz Carlos Soares, Papa João Paulo II, Paroquial Nossa Senhora da Glória, Santo Antonio,  Loteamento Samambaia e Educandário Terra Santa.

Sobre o III Festival de Cinema de Petrópolis

O Festival vai ocorrer de 28 de novembro a 1º de dezembro no Sesc Quitandinha e contará com a exibição de filmes nacionais de ficção e documentários. O filme de abertura do evento será “Chacrinha: O Velho Guerreiro”, de Andrucha Waddington.

Além dos atendimentos ao homem, o mutirão abrangeu ainda consultas de ginecologia e oftalmologia. A costureira Roseli Pinheiro, 56, foi uma das primeira a chegar e pela segunda vez conseguiu agilizar suas consultas através dos mutirões. “No último mutirão consegui fazer meu exame e hoje fui chamada para trazer o resultado. Foi muito rápido, essa ação é muito importante e tem que ser feita mais vezes”, destaca.