A próxima Deguste – a feira de produtores de cerveja artesanal de Petrópolis – acontece nos dias 9 e 10 de fevereiro, mas os expositores já passaram pela capacitação da Vigilância Sanitária. A ação educativa tem como objetivo orientar os empresários sobre como devem manipular as bebidas e alimentos de forma segura e com qualidade à saúde dos consumidores. Essa é a segunda capacitação feita pelo órgão iniciando o calendário oficial de eventos da Turispetro para 2018. A primeira aconteceu com participantes do Petrópolis Beer Festival, outra feira que reúne cerveja artesanal e gastronomia.

Na quarta-feira (24.01), o encontro foi realizado no Centro de Cultura Raul e Leoni e agentes da Vigilância Sanitária fizeram uma roda de conversa com representantes de empresas de diversos segmentos alimentícios que fazem parte da Deguste, como pizza, embutidos, salgadinhos, batata frita. De acordo com a coordenadora do órgão, Dayse Carvalho, a ação tem o objetivo de prevenir doenças transmitidas por alimentos (DTA).

“Os problemas podem ir desde uma dor de cabeça até a morte. Por isso as ações educativas são tão importantes. E a função da Vigilância Sanitária não é apenas fiscalizar. Nós orientamos sobre a forma de transporte dos alimentos, acondicionamento, higiene, organização do ambiente, resíduos gerados. E depois vamos ao local para a fiscalização”, explica ela.

A prefeitura tem a expectativa de que o comércio de alimentos e bebidas foque nesta prevenção das doenças. As ações serão de cunho educativo, onde os empresários, expositores, produtores de alimentos artesanais e manipuladores serão capacitados conforme as normas da RDC 2016 de 2004 da Anvisa e demais legislações pertinentes. Para Andreia Rixhon, uma das expositoras da Deguste, a ação é muito importante tanto para os empresários quanto para os consumidores. “A gente sempre procura fazer o melhor possível para atender o consumir, mas capacitações como esta nos mostram o que fazer pra melhorar. Muitas vezes a gente desconhece a legislação”, explica.