Vigilância Sanitária e Polícia Rodoviária Federal apreendem alimentos sem procedência, em Três Córregos

Os produtos foram descartados em seguida.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Na manhã do último sábado (2), a Secretaria Municipal de Saúde, através do departamento de Vigilância Sanitária, junto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu alimentos de origem animal sem procedência que seriam comercializados em Teresópolis. Os produtos foram descartados em seguida.

A ação conjunta aconteceu em Três Córregos, quando as equipes apreenderam 200 quilos de queijo e derivados, no posto da PRF. O trabalho contou com participação da agente sanitária Pethulia Breves e do chefe da Divisão de Vigilância Sanitária, Wilson Fernando. De acordo com ele, o planejamento junto à Polícia Rodoviária acontecia há alguns meses e foi o principal motivo de sucesso da ação. “Cabe um agradecimento para a PRF. Nós solicitamos a alguns meses apoio pois havia um derrame de produtos falsificados na cidade. Nós da Vigilância Sanitária trab alhamos no combate à entrada de produtos clandestinos e falsificados, que vão de cigarros, remédios a alimentos. O apoio para a ação foi facilitado depois da vinda da PRF para Teresópolis”, afirmou.

Para Alechandre Miranda, subsecretário de Vigilância em Saúde, esse tipo de apreensão acontece devido aos riscos para a população após consumo de alimentos sem garantia de qualidade. “Eles não trazem a procedência de como foram fabricados, de onde vieram os insumos usados na produção destes alimentos e isso gera um risco à saúde”, disse.

Com apoio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, todos os alimentos apreendidos foram devidamente descartados no aterro sanitário, no bairro Fischer.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.