Vigilância Sanitária descarta 12,7 kg de alimentos estragados em padaria do Centro Fiscalização foi realizada nesta quarta-feira (01.11) após denúncia de consumidora Agências bancárias em Itaipava também sofreram fiscalização

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Ação conjunto entre o Procon Petrópolis e a Vigilância Sanitária resultou no descarte de 12,7 quilos de alimentos impróprios para consumo de uma padaria do Centro. A ação de fiscalização ocorreu na manhã desta quarta-feira (01.11) após denúncias contra o estabelecimento que vendia produtos fora da validade e sem a correta identificação de origem aos clientes. À tarde, uma fiscalização realizada em duas agências bancárias, em Itaipava, não encontrou irregularidades.

Denúncias que chegaram ao órgão de defesa do consumidor, mostravam até foto de alimentos mofados. Durante a ação, os fiscais encontraram massas de pizza, queijos, presuntos, mortadelas, frutas estragadas e até suco em pó sem fora da data de validade.  O estabelecimento também foi autuado e terá 10 dias para apresentar defesa sob pena de receber multas por conta da irregularidade. O local só foi autorizado a permanecer aberto porque todo o alimento impróprio foi apreendido e descartado.

“Após as denúncias nos reunimos com a equipe da Vigilância Sanitária para proceder com fiscalização. No local encontramos não só os relatos, como outras coisas. Vamos manter firme as ações de fiscalização, com coerência, transparência e responsabilidade. Nosso objetivo é sempre manter a proteção absoluta nas relações de consumo e garantir aos petropolitanos condições de fazer suas compras sem preocupação”, explica o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

Agências do Itaú e Santander, em Itaipava, adequadas à legislação

O Procon também procedeu com uma fiscalização nas agências do Itaú e do Santander, em Itaipava. Em ambas, os fiscais do órgão constataram que os locais estavam adequados à Lei Municipal 5.763/2001 – as agências atendiam os clientes em menos de 30 minutos, tempo apropriado considerando a véspera do feriado de Finados.

Essa ação realizada pelo Procon já é a quarta fiscalização realizada pelo órgão em agências bancárias. Na primeira, que aconteceu em 14 de setembro, no Centro, a fiscalização constatou a irregularidade em uma agência do banco Itaú e duas do Bradesco; na segunda, feita em 4 de outubro, os fiscais multaram o Santander, na Paulo Barbosa e o Itaú, na Rua Teresa. A terceira os fiscais constataram o cumprimento da legislação em uma agência o banco Bradesco, no Bingen, e em duas do Itaú, uma no Itamarati e outra em Corrêas

A ação desta quarta, verificou o cumprimento da legislação municipal que determina às agências bancárias disponibilizar pessoal suficiente para atender em até 15 minutos seus clientes – as únicas exceções acontecem em vésperas de feriados e pós-feriados, quando o tempo máximo permitido pode chegar a 30 minutos. A punição é de 200 Unidades de Fiscalização do Município de Petrópolis (UFPE), aplicado aos bancos com as irregularidades.

O Procon disponibiliza atendimento pela página do órgão no Facebook Procon Petrópolis, e pelo sitewww.petropolis.rj.gov.br/procon. Há ainda a opção de fazer denúncias pelo WhatsApp, pelo número 98857-5837 ou pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. A sede do Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores. A unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860.

Foto: Divulgação Reprodução Internet

 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

2 Comentários
  1. Roberto luiz balter Diz

    Na minha opiniao todas as padarias e lanchonetes de petropolis deveriam passar por fiscalizacao.
    Peco que fiscalizem a padaria joana dark na praca pasteur, pois ja vi baratas andando em cima dos paes

  2. Sergio Diz

    Até que em fim viram essa vergonha que acontece nas agencias bancarias!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.