Os profissionais que atuam na área de alimentação poderão ser capacitados de graça em um curso promovido pela prefeitura nesta sexta-feira (20.10). Estão abertas as inscrições para a capacitação sobre as boas práticas de manipulação de alimentos que corre de 9 às 13h na Casa dos Conselhos, ao lado da prefeitura. São 50 vagas disponíveis onde o trabalhador aprenderá como manipular alimentos de forma segura e com menos risco sanitário para o público. Para se inscrever basta enviar o nome completo para o e-mail covisapetropolis@gmail.comou pessoalmente na sede da Vigilância Sanitária. As inscrições também poderão ser realizadas no dia do curso.

Essa é a quinta capacitação promovida entre as Secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Econômico, onde 200 profissionais já foram capacitados sobre as normas de segurança, vigilância e qualidade dos alimentos comercializados junto à população. De acordo com Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária, durante o encontro, os participantes receberão o treinamento de acordo com as recomendações da RDC Anvisa 216 de 2004.

“Promovemos recentemente uma capacitação aos profissionais de uma rede de supermercados e estamos à disposição para fornecer o curso para outros estabelecimentos que assim desejarem. A proposta é mostrar as formas seguras de atuar no segmento. O curso vai desde a aquisição do alimento, preparo, transporte, até a conservação dos alimentos crus, em conserva ou já prontos, além da forma de servir para o comércio”, explica Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária.

O chefe da fiscalização sanitária, Carlos Felicetti alerta que o curso é uma forma dos profissionais se conscientizarem sobre os riscos sanitários envolvidos na comercialização de alimentos, como por exemplo, provocar ao consumidor uma intoxicação alimentar.

“O objetivo é diminuir o risco sanitário dessa atividade, sensibilizar o prestador de serviço de alimentação que não basta apenas oferecer uma comida gostosa e nutritiva, mas também uma comida segura do ponto de vista higiênico e sanitário, livre de contaminações.Os alimentos podem ser causadores de doenças, dependendo da quantidade e dos tipos de micro-organismos neles presentes. Desta forma, as boas práticas de manipulação são regras que, quando praticadas, ajudam a evitar ou reduzir os perigos ou contaminação de alimentos”, reforça Carlos Felicetti.

A Vigilância Sanitária organizou um cronograma com cursos mensais até o fim do ano. Os próximos serão nos dias 17 de novembro e 15 de dezembro, todos ministrados na Casa dos Conselhos, de 9 às 13h. “Todos os cursos são gratuitos e abertos à população. Nós estamos montando o cronograma de temas, mas em novembro teremos outro minicurso pedicures, manicures e podólogos, com foco em biossegurança, já que é um mercado em crescimento no município, então é preciso garantir a segurança e proteção dos profissionais e clientes. Aqueles que já quiserem se inscrever, podem fornecer os dados por e-mail que já garantimos as vagas”, anuncia Dayse Carvalho.

A Vigilância Sanitária está localizada à Avenida Dom Pedro I, 353, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Os telefones de contato são: (24) 2246-9041 e 2246-9209.