O vereador Wanderley Taboada (PTB) foi preso, na manhã desta sexta-feira (11/1), por porte ilegal de arma. A prisão ocorreu depois que a polícia encontrou uma arma na casa do vereador durante o cumprimento de um dos mandados de busca e apreensão realizada pela Operação Sala Vip, desdobramento da Operação Caminhos do Ouro desencadeada em abril de 2018. Leia mais sobre a Operação Sala Vip

Wanderley foi levado para a Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro.

Crédito da foto: Reprodução de vídeo