Foto: Reprodução

Vaticano homenageia Diocese de Petrópolis e faz coroação pontifícia de imagem de Nossa Senhora do Amor Divino

A imagem receberá a coroação pontifícia após anúncio feito pelo Papa Francisco. A data para a coroação ainda será marcada.

A coroação pontifícia de Nossa Senhora do Amor Divino, padroeira da Igreja de Corrêas, em Petrópolis, marca os 75 anos da diocese e acontece há exatos 270 anos da inauguração de sua primeira capela, em 1751.

A imagem receberá a coroação pontifícia após anúncio feito pelo Papa Francisco. A data para a coroação ainda será marcada.

A imagem da santa foi 100% restaurada recentemente e foi entregue ao santuário na Páscoa.

Além da Paróquia e Santuário de Corrêas, que tem Nossa Senhora do Amor Divino como padroeira, o Seminário Diocesano também foi dedicado a ela.

O assessor eclesiástico, padre Thomas Andrade Gimenez Dias, explica que a coroação pontifícia foi concedida pelo Papa Francisco no dia 13 de fevereiro deste ano e anunciada para os fiéis no dia 1º de abril, durante uma missa de crisma na Catedral São Pedro de Alcântara, quando o bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, abriu as comemorações jubilares pelos 75 anos de criação da diocese da cidade.

No Brasil, segundo o assessor eclesiástico para Liturgia, algumas imagens de Nossa Senhora já receberam essa graça do Sumo Pontífice. “Podemos citar a imagem de Nossa Senhora Aparecida, em 1904; a imagem de Nossa Senhora do Carmo, de Recife, em 1919; a imagem de Nossa Senhora do Pilar, de São João Del Rei, em 1954 e a imagem de Nossa Senhora do Carmo, de Mariana, em 1961. A histórica imagem de Nossa Senhora do Amor Divino, agora também goza desta especial condecoração” disse Padre Thomas Andrade.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também