Valor da antiga tarifa (R$4,20) será cobrado nos cartões RioCard de Vale-Transporte Convencional até o dia 12 de agosto

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Após reclamações sobre o desconto de R$ 4,40 nos cartões RioCard, registradas nesta terça-feira (13), o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis (Setranspetro) se pronunciou explicando o motivo da cobrança.

Segundo o sindicato, o valor da tarifa atual (de R$4,40) é cobrado nos cartões adquiridos de forma avulsa, os chamados RioCard Expresso. Este tipo de cartão pode ser adquirido por qualquer cliente, diferente dos Cartões de Vale-Transporte que são recarregados pelas empresas e empregadores.

O Setranspetro explica ainda sobre o valor descontado dos RioCard utilizados pelos estudantes da rede privada, que é de R$ 2,20, equivalente a 50% da tarifa.

NOTA SETRANSPETRO

“O Setranspetro informa que será descontado o valor da antiga tarifa (R$ 4,20) dos créditos dos cartões RioCard de Vale-Transporte Convencional e Rápido, utilizados por empresas, que foram comprados até ontem, dia 12 de agosto.

Para quem utiliza o cartão RioCard Expresso, que pode ser comprado por qualquer cliente, já está sendo descontado o valor atual da tarifa (R$ 4,40).

Além disso, já está sendo descontado o valor de R$ 2,20 dos cartões RioCard dos estudantes da rede particular de ensino, que possuem o direito ao desconto de 50% na tarifa.

Sobre o reajuste da tarifa, o Setranspetro esclarece que essa medida é o último recurso usado para garantir o equilíbrio econômico e financeiro do Sistema de Transporte Público, permitindo a continuidade dos serviços e os investimentos em tecnologia e equipamento. É previsto por lei e acontece com base nos custos do sistema, dividido pelo número de passageiros.

O Setranspetro vem aplicando e discutindo várias propostas para a diminuição dos custos do sistema e, consequentemente, barateamento da tarifa, que é assunto de interesse de todos, clientes e empresas de ônibus. Inclusive, lançou um programa para ouvir a opinião da população, o Simulador de Tarifas, disponível no site simulador.setranspetro.com.br, que permanece no ar para a participação da população”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.