Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas”. Esse é o tema da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, uma ação do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), constituído pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). As escolas da rede municipal de Petrópolis foram convidadas pela Secretaria de Educação para participar da iniciativa.

A Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente é realizada por adesão espontânea das escolas de todo o país que atendem ao segundo segmento do Ensino Fundamental.

“É importante que as escolas da nossa rede participem dessa iniciativa. Os projetos de educação ambiental criados no ambiente escolar estimulam o conhecimento transformador que pode mudar a realidade das comunidades. A educação ambiental já é trabalhada nas unidades escolares e, nada melhor do que o desafio de poder participar de uma conferência nacional para despertar nos estudantes essa necessidade de se promover ações de sustentabilidade nas escolas e nas comunidades”, afirma a secretária de Educação Interina, Samea Ázara.

As escolas que quiserem participar terão que estudar sobre o tema e elaborar um projeto de ação, envolvendo estudantes, profissionais da educação e toda a comunidade escolar. O prazo para a realização da conferência na escola é dia 31 de março de 2018. Há ainda a possibilidade de participar de uma conferência no âmbito estadual. Um vídeo com o passo a passo está disponível no YouTube. O prazo para registrar o processo no site do MEC é o dia 3 de abril de 2018. Mais informações podem ser obtidas no site conferenciainfanto.mec.gov.br

De acordo com o MEC, a Conferência é um processo pedagógico, dinâmico, de diálogos e encontros, voltado para a valorização da cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir da educação ambiental crítica, participativa, democrática e transformadora.

A V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente acontecerá de 15 a 19 de junho de 2018. Serão aproximadamente 460 delegados e delegadas, entre 11 e 14 anos, de todo pais, que já debateram o tema em suas escolas, nas Conferências Municipais e ou Regionais e nas Conferências Estaduais. Na Conferência Nacional, esses jovens irão aprofundar a temática, socializar os projetos e participar de oficinas.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis