© Reuters/Michael Weber/Imago Imagens/Direitos reservados

URGENTE: Uso emergencial da vacina Janssen deve ser liberado pela Anvisa na quarta-feira (31)

Por outro lado, a Anvisa indeferiu o certificado de boas práticas de produção da Covaxin, vacina desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech, com qual o Brasil tem acordo para 20 milhões de doses.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve aprovar amanhã o uso emergencial da vacina da Janssen contra a covid-19. O governo tem contrato com a farmacêutica para a compra de 16,9 milhões de doses.


Os técnicos da agência reguladora estão finalizando a análise do material encaminhado pela empresa e, ao menos até agora, as informações atendem os requisitos para aprovação do uso do imunizante no país. Com o aval, o país contará com quatro vacinas autorizadas: Oxford/AstraZeneca, Coronavac, Pfizer e Janssen.

Por outro lado, a Anvisa indeferiu o certificado de boas práticas de produção da Covaxin, vacina desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech, com qual o Brasil tem acordo para 20 milhões de doses.


O veto não significa que a vacina não poderá receber autorização de uso emergencial, mas é um dos critérios observados pela diretoria para liberar o imunizante. A empresa, contudo, ainda pode fazer ajustes e solicitar um novo certificado de boas práticas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.