Foto: Renan Cesarin

Unindo as fronteiras de Brasil e Argentina, banda Mandale Mecha lança single “Rainfalls”

Grupo antecipa álbum para o primeiro semestre, via selo espanhol Raso Estúdio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Banda brasileiro-argentina em franca ascensão, Mandale Mecha começa 2022 dando prosseguimento à sua fase prolífica após o álbum de estreia, lançado em 2020, e uma série de singles revelados ao longo do último ano. Agora, o quarteto anuncia um disco duplo – com uma parte saindo em abril e a segunda em setembro -, antecipado por uma sequência de canções. A primeira delas é “Rainfalls”, já disponível nas plataformas de música, indo do indie dance ao pop tropical, do trip hop ao chillwave.

Ouça “Rainfalls”: https://links.altafonte.com/pg5abko

Depois do álbum “Ficken und Kiffen”, debut de Mandale Mecha, a banda planeja os próximos passos, colocando em evidência sua sonoridade de múltiplas cores – passando por tropical new wave, psicodelia, pop latino e eletrônica, tudo cantado em Espanhol, Português e Inglês. Michu Mendez (Petit Mort, Muñoz, Menage), Chico Abreu (Skrotes, Los Desterros, Carolino), Juliano Parreira e Gustavo Koshikumo (ambos do ATR, AQUAmono e Deep Leaks) são músicos atuantes na cena brasileira há mais de 10 anos e trazem essa experiência para esse projeto plural, todo realizado à distância. Chico e Michu residem em Florianópolis (SC), enquanto Juliano e Gustavo são de São Carlos (SP).

“Fizemos todos os lançamentos na pandemia, gravações à distância e, mesmo com todas as dificuldades do contexto, estamos alcançando nosso primeiro milhão de streams no Spotify, o que nos mantém com vontade de continuar resistindo. Aguardamos ansiosos nosso show de estreia e turnês na Europa”, adianta a vocalista argentina Michu Mendez.

“Rainfalls” se une a uma série de canções que Mandale Mecha divulgou em 2021 – “El Sol”, com Mulamba; “Día de Suerte”; “Febrero”; “Treme Derrete”; “My Moves”; e “Espinho”. Além disso, conquistou com a música “Papi” um lugar na trilha sonora da série “Valéria”, sucesso mundial da Netflix produzido na Espanha. Explicitando seu caso de amor com o Brasil, Michu se inspirou em Floripa para essa canção.

“A gente se apaixonou por ‘Rainfalls’ na mesma hora em que estávamos compondo à distância, em outubro. Sabe quando fica ouvindo cada mix infinitamente? Viciante. É um pop tropical, com um tempero afrobeat, chillwave e trip-hop com uma letra inspirada na magia da ilha de Florianópolis, na sua natureza e pessoas. É uma letra bem fogosa, quente e introspectiva ao mesmo tempo. Quis trazer aquele contraste de sensações, entre a nostalgia de quem já teve que se despedir e deixar coisas para trás, e a paixão de quem encontrou novos universos, como essa ilha que mudou e muda minha vida todos os dias me nutrindo de momentos únicos. A melhor parte no final foi contar com essas linhas e solos maravilhosos do sax do Eder Araujo, dos Caramelows, e Mauro Fontoura, do Muñoz, pra deixar o som sedutor, envolvente, dançante”, resume.

A nova música coloca em destaque as múltiplas línguas e linguagens de Mandale Mecha, com uma abordagem eclética para sua música sem fronteiras. Entre o lado tropical e pop da música latina e uma visão mais urbana, ligada ao trip hop e ao R&B, surge uma sonoridade única que promete surpreender. “Rainfalls” já está disponível nas principais plataformas de streaming através do selo espanhol Raso Estúdio.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.