Foto: Reprodução da Internet

UFRJ adia volta de aulas presenciais por falta de verba

A reitora da universidade ainda afirmou que a maior parte das federais do país deve seguir o mesmo caminho.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Denise Pires de Carvalho, reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), descartou a volta das aulas presenciais na instituição este ano, exclusivamente por questões orçamentárias. Denise ainda acrescentou que a maior parte das outras 68 federais doo país deve seguir o mesmo caminho.

Por comandar o maior orçamento da rede, Denise é peça chave na pressão em cima do Governo Federal para a liberação de mais R$ 1 bilhão às universidades.

A reitora, em entrevista ao Valor, disse que há um plano pronto para o retorno dos alunos com todas as limitações sanitárias, que foi preparado a pedido do Ministério da Educação (MEC). No entanto, os custos disso têm sido rechaçados pela equipe econômica.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.