Fachada Uerj. Divulgação/Uerj. Rogério Santana.

“Uerj na Agenda 2030” debate a urbanização inclusiva e sustentável

O encontro tem como objetivo a discussão dos principais desafios e soluções para a construção de cidades mais inclusivas, seguras e sustentáveis, bem como a ampliação das ações interdisciplinares de ensino, pesquisa, extensão e cultura.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O evento “Cidades e Comunidades Sustentáveis”, baseado na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), acontece na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), de forma on-line, no período de 18 a 27 de maio. O encontro tem como objetivo a discussão dos principais desafios e soluções para a construção de cidades mais inclusivas, seguras e sustentáveis, bem como a ampliação das ações interdisciplinares de ensino, pesquisa, extensão e cultura. Para isso, contará com a participação de gestores, ativistas das questões urbanas e pesquisadores nacionais e internacionais.

O professor Eduardo Faerstein, do Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro da Uerj, explica que o programa “Uerj na Agenda 2030, Agenda 2030 na Uerj”, criado em 2019, vem reforçando os vínculos da universidade com a sociedade. Para Faerstein, o evento é de extrema importância, pois debate os pontos necessários para que as cidades se tornem mais sustentáveis, resilientes e inclusivas, desafios que foram aumentados pela pandemia de Covid-19, afirma.

Ao final do encontro, será elaborado eBook gratuito com a transcrição das palestras e debates, que estará disponível no site da Editora da Uerj e será encaminhado à Prefeitura do Rio de Janeiro.

– A Prefeitura vem solicitando a participação da sociedade na elaboração do novo Plano Diretor, e temos a intenção de colaborar – afirmou o professor.

As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 18 de maio, no site: http://www.agenda2030nauerj.org/eventos/.

Por dentro do evento

Ao longo de quatro dias, estarão em debate os principais pontos para se pensar a cidade de maneira inclusiva. Na abertura, serão discutidas alianças para cidades sustentáveis, com a participação de representantes da Prefeitura do Rio de Janeiro, bem como da ONU e da Uerj.

Já no segundo e terceiro dias, entram em cena desafios e soluções para cidades sustentáveis, com a participação de pesquisadores da UFRJ, USP, PUC-RJ e Universidade Internacional das Periferias.

No encerramento, serão analisados exemplos internacionais de cidades inteligentes e sustentáveis, com participação de palestrantes da Università della Svizzera italiana (Suíça); Universidad Nacional de Mar del Plata (Argentina); e Erasmus University of Rotterdam (Holanda).

Atividades culturais

O evento conta também com uma programação cultural, que propõe um olhar multifocal e artístico para a cidade.

Na abertura, haverá apresentações musicais centradas no conceito da cultura tradicional dentro da modernidade na cidade do Rio de Janeiro, sob a regência do maestro Mário Assef, professor do CAp-Uerj. Serão mostrados cantos indígenas, seguidos por uma música inédita de Katerina Assef, sobre a cidade vista pelos olhos da natureza. Além disso, será apresentada a composição “A Cidade”, de Camilo Bornstein.

Para cada dia de debate, documentários feitos com exclusividade para o evento serão exibidos, com curadoria do professor Ricardo Gomes Lima, do Instituto de Artes e coordenador de Projetos Estratégicos de Cultura e Articulação Cultural da PR3, e de Alexandre Guimarães, professor do Colégio Pedro II. Os documentários retratam artistas populares que trabalham com resíduos sólidos e sucata a partir da perspectiva de sustentabilidade da cidade e expressão de arte. Abordam também o impacto do isolamento e da pandemia no contexto do Rio.

Entre os artistas convidados estão Getúlio Damado, criador do Ateliê Chamego Bonzolândia, no bairro de Santa Teresa, região central da capital, no qual transforma sucata em obras de arte; Cirlan Souza de Oliveira, criador do projeto Morrinho, instalado na favela do Pereirão e no Museu de Arte do Rio; e Cocco Barçante, criador do Museu do Artesanato, em Petrópolis, que trabalha com representações do Rio usando peças de computador.

Serviço

Inscrições gratuitas e abertas em: http://www.agenda2030nauerj.org/eventos/


Evento:
 “Cidades e Comunidades Sustentáveis”


Dias:
 18, 20, 25 e 27 de maio


Programação:

18/05/2021 de 9h30min às 12h30min

Mesa 1 – ONU, Brasil, Rio, Uerj: Alianças para Cidades Sustentáveis

Apresentação e mediação: Israel Felzenszwalb (Uerj)

Apresentação musical

Direção: Mario Assef (Uerj)

Curadoria: Ricardo Lima (Uerj) e Mario Assef (Uerj)

Abertura: Reitoria da Uerj

Palestrantes: Rayne Ferreti (UN-Habitat Brasil);Eduardo Faerstein (Uerj);Daniel Mancebo e Fernanda Burla (Prefeitura do Rio de Janeiro)

20/05/2021 de 9h30min às 12h30min

Mesa 2 – Conhecimentos e Políticas Públicas: Desafios e Soluções para Cidades Sustentáveis – I

Apresentação e mediação: Gleyci A. O. Moser (Uerj)

Exibição: Projeto Rios de Sucata – documento 1, Curadoria: Ricardo Lima (Uerj) e Alexandre Guimarães (Colégio Pedro II)

Palestrantes: Andrea B. de Souza Cruz (UFRJ); Paulo Saldiva (USP); Sérgio Besserman (PUC-RJ)

25/05/2021 de 9h30min às 12h30min

Mesa 3 – Conhecimentos e Políticas Públicas: Desafios e Soluções para Cidades Sustentáveis – II

Apresentação e mediação: Luana Q. Pinho (Uerj)

Exibição: Projeto Rios de Sucata – documento 2, Curadoria: Ricardo Lima (Uerj) e Alexandre Guimarães (Colégio Pedro II)

Palestrantes: Jailson de Souza e Silva (Universidade Internacional das Periferias), Vania S. Aieta (Uerj), Luís César Q. Ribeiro (UFRJ)

27/05/2021 de 9h30min às 12h30min

Mesa 4 – Cidades Sustentáveis e Inteligentes: Experiências Internacionais

Apresentação e mediação: Leticia Cotrim da Cunha (Uerj)

Exibição: Projeto Rios de Sucata – documento 3, Curadoria: Ricardo Lima (Uerj) e Alexandre Guimarães (Colégio Pedro II)

Palestrantes: Gian Paolo Torricelli (Università della Svizzera italiana, Suíça), Alberto Moreira (Universidad Nacional de Mar del Plata, Argentina), Ore Fika (Erasmus University of Rotterdam, Holanda)

Fonte: Governo do Estado

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.