UCP tem pontuação máxima do MEC em mais curso, agora no Bacharelado em Ciências Econômicas

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma semana após ser reconhecida com nota máxima no curso História, na modalidade de Ensino a Distância, a Universidade Católica de Petrópolis (UCP) tem novamente a pontuação mais alta do MEC, nota cinco, dessa vez na avaliação presencial do Bacharelado em Economia. Nesta terça feira (26.03) foi divulgado o resultado da visita feita pelo órgão à Instituição nos últimos dias 18 e 19 de março.

 “Orgulho, felicidade e a certeza de dever cumprido são os nossos sentimentos neste momento, recebendo mais uma vez a notícia da pontuação máxima do MEC. Agora com o nosso curso de Ciências Econômicas. Para a UCP é uma grande satisfação ter esse reconhecimento da qualidade dos nossos cursos, presenciais e a distância. Principalmente desse que é um dos mais tradicionais da Instituição. Um resultado que é a soma do nosso comprometimento, desde a reitoria, colaboradores e corpo docente; concepção do curso; infraestrutura; até os nossos alunos que se empenham em extrair o melhor da Universidade”, destaca a pró-reitora de graduação da UCP, Regina Máximo.

A notícia chega para selar as comemorações do curso de Ciências Econômicas, que acaba de celebrar seu Jubileu de Ouro. Para a coordenadora do curso, Vanessa dos Santos, o resultado da nota máxima engrandece e valoriza ainda mais o curso, que forma profissionais capacitados para atuarem nas mais variadas áreas.

“Essa certamente é uma conquista de todos da UCP, que participaram direta ou indiretamente nesta etapa da avaliação. O empenho de todos é sempre fenomenal. É um curso que fez 50 anos em 2018, e sempre mantendo a excelência. A nota reflete o trabalho de todos. Um corpo docente comprometido com a qualidade de suas aulas. E a formação pluralista de pensamento do curso de Ciências Econômicas da UCP demonstra a importância da economia na atual conjuntura e a formação de profissionais competentes e comprometidos com o mercado de trabalho”, pontua Vanessa.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

1 comentário
  1. Nilson B. Nunes Diz

    Fico mais feliz com isto. Sempre valorizei o corpo docente da Instituição. Egrégio da década de 90, também aprendi e desenvolvi o pensamento crítico, como asseverara Schumpeter: “Os ardentes defensores da ideia de que os diferentes fatores se solucionavam mutuamente, acabaram por dar mais evidência aos nivelamentos de subsistência.” Parabéns à Direção e ao Corpo Docente e Discente da UCP !!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.