Os oito mil moradores de Araras estão cada vez mais próximos de poder contar com uma Unidade Básica de Saúde mais perto de casa. A UBS do bairro atingiu 85% de conclusão e agora estão feitos acabamentos como pinturas, instalações de tomadas e interruptores, pias e torneiras, assentos sanitários, entre outros detalhes. A obra é realizada a partir de um investimento de R$ 200 mil do Ministério da Saúde, contrapartida do município no valor de R$ 745 mil. Ela é de responsabilidade da empresa FCK Construções.

“Essa obra foi interrompida em 2016 e vai representar um enorme benefício para quem hoje precisa se deslocar para uma unidade de saúde distante de casa para um atendimento mais simples. Por isso foi feito todo o trabalho necessário para a retomada dessa construção, que está cada vez mais perto de ser entregue para a população”, diz o prefeito Bernardo Rossi.

Toda parte de alvenaria já está pronta e, desde a retomada da obra, neste semestre, foram feitas também as instalações sanitárias, hidráulicas e elétricas. O local terá consultório médico, sala de vacinação, de atendimento ginecológico, consultório de dentista e farmácia, além da estrutura administrativa e de apoio aos profissionais que vão atuar na UBS (salas de reunião, almoxarifado, depósito, expurgo, cozinha), recepção e três banheiros – sendo um deles adaptados para pessoas com deficiência. Também há rampas de acessibilidade no local.

“A prefeitura também já está trabalhando para mais duas obras de UBS: a do Caxambu, que está próxima de ser retomada, e a da Posse, em que o objetivo é pode retomar a construção o mais breve possível”, destaca o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

“Dessa forma, o município está contribuindo para ampliar o atendimento básico da população, levando para mais perto dos moradores a possibilidade de consultas odontológicas, de ginecologia, realização de vacinas, entre outros procedimentos”, explica a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

Até quem trabalha na obra está ansioso pela conclusão. A eletricista Cíntia de Oliveira é moradora do Alto da Serra e reconhece a importância dessa UBS para Araras. Ela ressalta que a obra poderia já ter ficado pronta se não tivesse sido paralisada em 2016 na gestão passada, mas comemora a retomada feita durante o governo Bernardo Rossi.

“Eu fico imaginando quem precisa de um atendimento para o filho e hoje tem que procurar o Hospital Alcides Carneiro, porque é a unidade mais próxima. Com a UBS, eles vão ter um acesso melhor. Essa é uma obra que já podia ter ficado pronta e vai ser ótimo para quem mora aqui”, aponta.