© Fábio Pozzebom/Agência Brasil

TSE muda Teste Público de Segurança da Urna Eletrônica

A sexta edição do evento ocorre entre os dias 22 e 26 de novembro deste ano.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com edital lançado nesta quinta-feira (26), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está preparado para realizar o Teste Público de Segurança (TPS), do sistema eletrônico de votação. A sexta edição do evento ocorre entre os dias 22 e 26 de novembro deste ano.

Após discussões sobre a cibersegurança da urna eletrônica ganharem fôlego nas comunidades científicas, além das opiniões do presidente Jair Bolsonaro contra o sistema eletrônico de votação, o TSE realizou algumas mudanças no TPS que visam atender os pedidos de mais transparência.

Entre as principais mudanças que foram feitas no TPS, destaca-se a ampliação do número de investigadores que anteriormente eram 10 e agora serão 15. Também foram ampliados os programas eleitorais que serão submetidos à auditagem dos participantes do evento.


Confira abaixo, uma lista de mais mudanças que serão testadas no TPS:

  • Poderão ser auditados adicionalmente os sistemas de apoio à auditoria de funcionamento das urnas no dia da votação (Módulo Sorteio)
  • Os sistemas de apoio à auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas em condições normais de uso (Módulo Votação)
  • O Verificador Pré/Pós-Eleição (VPP)
  • O Verificador de integridade e autenticidade de sistemas eleitorais (AVPART), utilizados para a verificação de criptografias (hashes) e assinatura digital nas urnas eletrônicas.

O prazo para os investigadores inspecionarem os códigos-fontes do sistema eletrônico de votação antes do TPS, também foi prorrogado de uma para duas semanas de diárias e passagens para esta fase. Por último, o TSE alterou a possibilidade da extensão do TPS por mais um dia após o prazo final.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.