Em função da punição imposta pela comenbol, pelos incidentes provocados por torcedores do Flamengo, na decisão da Sul-Americana de 2017, o Flamengo sofreu a sanção de ter que jogar dois de seus três jogos em casa na fase de grupos da Copa Libertadores, com os portões fechados, já tendo cumprido um jogo, a estreia contra o River Plate.

O último jogo de penalidade é na noite de hoje contra o Santa-fé da Colômbia, visando aproximar o torcedor que está privado de ver a Libertadores, o Flamengo aderiu a uma medida que se popularizou no futebol de São Paulo, que são os treinos abertos em véspera de decisão e partidas relevantes.

Mais de 45 mil pessoas ingressaram no estádio do Maracanã, trocando um quilo de alimento para doação por uma entrada, foi a oportunidade de muitos verem o time de perto e conhecerem o novo Maracanã, devido a alta de preços praticados pela atual diretoria, muitos flamenguistas, principalmente os mais humildes, praticamente sumiram dos estádios, não só aqui, mas em muitos times brasileiros.

Os jogadores demonstraram muita emoção, principalmente os formados nas divisões de base do time da Gávea, como o experiente zagueiro Juan e o menino Vinícius Junior, que foram escalados para a entrevista após a atividade, na noite de hoje ás 21:45 o Flamengo tem que transformar essa atmosfera e motivação para vencer na Libertadores.

(imagem EI)