Treinamento prepara mais 50 pessoas para o combate aos incêndios florestais

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Mais 50 pessoas prontas para o combate às queimadas em Petrópolis. O treinamento de incêndio florestal das brigadasoperacionais complementares do Plano Inverno municipal aconteceu nesta segunda-feira (03.06) no 32° Batalhão de InfantariaLeve/Batalhão Dom Pedro II, na Vila Militar. Participaram agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, militares doExército e da Aeronáutica, socorristas da Cruz Vermelha, além das equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) – Rebio/Araras, Guardas Parques e Refugio de Vida Silvestres da Serra da Estrela (REVISEST). A capacitação foi coordenada pelo 15° Grupamentode Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis.

Para que o treinamento fosse ainda mais eficaz, foram formadas duas turmas: uma pela manhã e outra a tarde. Com osequipamentos próprios para o combate as queimadas, as equipes precisaram apagar pequenos focos em uma trilha de mata fechadae um incêndio florestal de grandes proporções. Por causa da chuva, a turma que realizou o simulado à tarde teve o percursoreduzido. O trabalho faz parte do eixo operacional do Plano Inverno municipal, organizado pela Secretaria de Defesa Civil e AçõesVoluntárias.

“Desde o início da nossa gestão, organizamos os órgãos para que trabalhem em conjunto, prevenindo as principais ameaças decada estação no nosso município”, destacou o prefeito Bernardo Rossi. “Com o simulado, coroamos a fase de preparação do PlanoInverno, colocando em prática o resultado dos encontros setoriais”, completa o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntarias, coronel Paulo Renato Vaz.

As brigadas operacionais de apoio contribuem em uma grande ocorrência, ou se muitos focos de incêndios florestaisacontecerem simultaneamente no município. Segundo o tenente André Luís Álvaro, do 15° GBM de Petrópolis, o treinamentodemonstra a preocupação dos órgãos com o período de estiagem e que estão prontos para enfrentar esse momento.

“É importante para a cidade que a gente conte com mais equipes preparadas, já que em outros anos houve o registro de focosde incêndio espalhados por diversas regiões da cidade. As brigadas operacionais se mostraram prontas para dar uma respostapositiva em caso de ocorrência, atendendo da melhor forma a população”, disse o tenente.

O trabalho realizado pela prefeitura dentro do Plano Inverno municipal, com a organização e o treinamento dos órgãos, vemcontribuindo na redução do número de casos de incêndios florestais: o Corpo de Bombeiros registrou 302 queimadas em 2017,sendo 174 atendidas pelo Destacamento de Itaipava. No ano passado, foram 174 casos ao todo, com 78 desses acontecendo naregião do terceiro distrito.

Com o fortalecimento das ações de prevenção nos bairros, o governo municipal quer reduzir ainda mais os casos de queimadas na cidade. “Os próximos meses são os mais críticos relacionados aos incêndios florestais, com menos chuva e as temperaturas mais amenas. Vamos trabalhar em conjunto com órgãos ambientais, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e o Exército nas ações de prevenção”, completa Paulo Renato.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.