TRE-RJ alerta: carteira de trabalho não vale como documento de identificação

Por determinação de medida provisória do Governo Federal, a carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) não é mais um documento oficial de identificação que o eleitor pode apresentar à Justiça Eleitoral para requerer serviços como emissão, transferência ou segunda via de título eleitoral. A Medida Provisória 905/2019, revogou o inciso II do artigo 2º da Lei 12.037/2009, que incluía a CTPS entre os documentos que atestam a identidade civil dos cidadãos brasileiros.

Permanecem válidos para fins de identificação do eleitor o documento de identidade, o documento de identidade emitido pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional, desde que registrado o nome completo e sem abreviação, a certidão de nascimento ou casamento, emitida pelo Registro Civil, e o certificado de quitação do serviço militar, com foto. Para informações sobre documentos e serviços, acesse o site oficial do TRE-RJ (www.tre-rj.jus.br).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também