Transplante múltiplo salva cinco vidas graças a identificação em tempo recorde

A família autorizou a doação múltipla de órgãos, mas o rapaz tinha perdido a identidade e não possuía nenhum outro documento com foto.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

No fim da tarde da última quarta-feira (24), o Detran.RJ recebeu um pedido de extrema urgência. Um jovem de 18 anos, internado no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, teve a morte cerebral diagnosticada. A família autorizou a doação múltipla de órgãos, mas o rapaz tinha perdido a identidade e não possuía nenhum outro documento com foto. Numa corrida contra o tempo, o Programa Estadual de Transplantes acionou o Detran. Era preciso comprovar que os dados passados pela família eram mesmo do rapaz.

O pedido comoveu os funcionários da Diretoria de Identificação Civil que fizeram a busca em tempo recorde e, após alguns minutos, a resposta seguiu para a coordenadoria de Transplantes do Estado, possibilitando que os transplantes fossem feitos a tempo. Foram doados os dois rins, as duas córneas e o fígado. Cinco vidas foram salvas com a ação.

O presidente do Detran.RJ, Marcello Braga Maia reforçou a importância da sensibilidade da equipe em perceber a urgência de sua função, além da responsabilidade social que o trabalho possui. “O conhecimento da missão e do propósito do trabalho é importante numa instituição e o Detran tem isso. É fundamental estar ciente da responsabilidade social que a função tem e perceber a agilidade que se precisa em casos como esses”, frisou o presidente.

Até junho deste ano, o Programa Estadual de Transplante realizou, no Estado do Rio, mais de 340 transplantes de órgãos sólidos.  O site www.doemaisvida.com.br e o Disque Transplante 155 são canais para esclarecimento de dúvidas e debate do tema. No site, qualquer pessoa também pode se declarar, informalmente, como doador.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.