Foto: Reprodução

Transparência na vacinação é sancionada em Petrópolis

A nova lei cria um protocolo de vacinação a ser seguido pelos técnicos que estão trabalhando na linha de frente da campanha.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Lei 8.134/21 que garante a transparência na vacinação contra a Covid-19 é um projeto de lei de autoria do Vereador Jornalista Eduardo do Blog (REP) aprovado pela Câmara Municipal que foi sancionado recentemente pelo Executivo Municipal.

“O prefeito teve a sensibilidade ao sancionar uma Lei que ajudará não apenas na pandemia, apesar de ser a motivação principal, mas em todos os processos de vacinação”, comemora Eduardo.

A nova lei cria um protocolo de vacinação a ser seguido pelos técnicos que estão trabalhando na linha de frente da campanha. Primeiramente, deve ser apresentada a ampola de vacina com o líquido a ser aplicado. Depois, o técnico deve apresentar a seringa descartável preenchida pelo medicamento para o paciente ou tutor que o acompanha e, finalmente, deverá apresentar a seringa vazia, comprovando a aplicação. Quando solicitada, a equipe deverá também apresentar o número do lote, a data de validade e o laboratório que produziu a vacina.

“A Lei tem por base o Manual de Normas e Procedimentos para vacinação do Ministério da Saúde. Em todo país tivemos denúncias da aplicação de “vacina de vento”, nossa Lei garante os direitos da população e protege os profissionais da Saúde”, finaliza o vereador.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.