Trabalho de recuperação de mais de 100km de estradas no Brejal e região está próximo de ser concluído

Pela primeira vez, nos últimos quatro anos, todas as estradas vicinais do Brejal e do Taquaril passam pela recuperação.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O governo municipal está próximo de concluir o trabalho de recuperação das estradas vicinais na zona rural do distrito da Posse, totalizando quase 100 quilômetros. Desde o início do ano, a Secretaria de Obras vem se reunindo com o Comitê de Estradas do Brejal e estabelecendo um calendário organizado de serviços para melhorar o acesso dos moradores e produtores, bem como o escoamento da produção. A depender das condições climáticas, a previsão é de que a intervenção seja concluída no mês de setembro.

“Nos reunimos com a comunidade regularmente para estabelecer o cronograma das ações. Paralelamente ao cronograma firmado, ainda realizamos as manutenções emergenciais que eventualmente surgem nesse processo. Com isso, já recuperamos as estradas como a do Rio Bonito, Albertos, Pilatos, Arnaldo Dyckerhoff e do Xingu e seguimos avançando. Temos quasw 95% do trabalho já feito. E o mais importante é que voltamos a levar para a região esse trabalho organizado e extenso de recuperação de estradas”, ressaltou o prefeito interino Hingo Hammes, que tem vistoriado com frequências as ações de recuperação na região.

Nas ações mais recentes da secretaria de Obras na região foi feito o trabalho de drenagem no acesso à Escola Avelino de Carvalho. Nesta semana, a intervenção acontece também na Estrada do Sossego. “É um trabalho constante, com as máquinas trabalhando diariamente. Não só no nivelamento das estradas vicinais, mas também na remoção de lixo verde das laterais das estradas. A equipe tem feito também reparos em caixas de drenagem, além de substituição de manilhas quebradas”, informa o engenheiro da secretaria de Obras, Vitor Augusto Kreischer, que lembra ainda que as intervenções incluem o trabalho de roçada.

Segundo o secretário de Obras, Maurício Veiga, a próxima etapa inclui, além da Estrada do Sossego, a das Hortências, assim como pequenos trechos de algumas estradas da região. “Primeiro a motoniveladora (patrol) corrige as irregularidades da pista, nivelando o piso. Depois, com a retroescavadeira, é feita a retirada da terra que acaba se sedimentando nas margens da pista, o que evita que esse material volte para o piso sob uma chuva. O próximo passo é a aplicação de raspa de asfalto”, explica o secretário. “No Brejal, serão, ao todo, 86 quilômetros de vias recuperadas. São dezesseis estradas, que ajudam a escoar a produção local. O trabalho, no entanto, também inclui outras estradas da região, como a Taquaril”, esclarece Veiga.

Além do Taquaril, o trabalho inclui o Paiolinho e trechos da Granja Cláudia e Mata Cavalos. Já no Brejal, são: Santa Matilde (5km); Albertos (8km); Quisséis (4km); Cachoeirinha (4km); Santa Maria (5km); Avelino de Carvalho (500m); Targinos (4km); Arnaldo Dyckerhoff (6km); Caboclos (2km); Sossego (1km); Rio Bonito (5km); Xingú (11km); Contrões (8km); Pilatos (3km); e Cruzeiro (8km).

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.