Torcedores do Brasil invadiram o burgo alemão e lotaram os espaços da 29ª Bauernfest para acompanhar a transmissão da partida contra a equipe da Sérvia, que terminou com a vitória brasileira por 2×0, na tarde desta quarta-feira (27.06). Os telões da Praça da Liberdade e do Palácio de Cristal concentraram o maior número de torcedores, mas espaços como o Biergarten, na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), e o Bierhaus, na 13 de Maio, também estiveram lotados durante o dia. Por todo Centro Histórico, bares e restaurantes também transmitiam a partida.

 Na Praça da Liberdade, que recebe o Palco Brasil com a programação da Festa do Colono Alemão, o público ainda contou com o show do Grupo Magia para comemorar a vitória da seleção brasileira. Lá, mesmo após o encerramento da Bauernfest, neste domingo (1º.06), os jogos do Brasil continuarão sendo transmitidos até o final da Copa do Mundo. “As pessoas vêm lotando a praça desde o primeiro jogo. Faz parte do nosso papel atrair a população para ocupar os espaços públicos”, destaca o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Leonardo Randolfo.

Por lá, o público elogiou o evento. A técnica em enfermagem Regina Amaro aproveitou a folga para torcer para o Brasil com toda a família. “Achei maravilhosa essa transmissão na praça. Espero que tenha em todos os jogos do Brasil. Vim com meu filho e neto para torcer”, disse ela. “Achei muito legal assistir aqui, é a primeira vez que venho e adorei”, completou a manicure Rose Coelho.

Na Bauernfest, o telão da festa, instalado nos jardins do Palácio de Cristal – bem no coração do evento, atraiu centenas de torcedores que vibravam a cada lance, entre um gole de chope e outro. Bem ao lado da barraca das cervejas artesanais, os torcedores se divertiam e torciam ao mesmo tempo. O dentista Alexandre Reiser disse ter escolhido o local por causa do “calor humano”.

“Os primeiros jogos eu vi em um churrasco e em casa, mas dessa vez quis vir com a minha filha para torcer nesse calor humano. Achei fantástico. Viemos também para prestigiar a festa. Sempre venho, acho que Petrópolis é uma cidade turística, então temos que trazer os turistas pra cá”, frisa.