Durante o jogo do Brasil contra o México na última segunda-feira (2), pelas oitavas de final da Copa do Mundo, um torcedor misterioso, como ficou conhecido, chamou a atenção pelo olhar fixo ao balançar a bandeira verde e amarela do Brasil.

Seu nome é Yuri Torsky (34), um russo nascido em Mimy e que atualmente reside em Samara, local onde foi realizada a partida. Em entrevista ao Correio Braziliense, o rapaz disse que trabalha no Centro Espacial de Samara, onde são lançados os foguetes russos, e contou que comprou a bandeira brasileira em 2011, na cidade de Cayenne, na Guiana Francesa.

O novo “amuleto” brasileiro disse que estava feliz em ver a seleção brasileira em sua cidade e não pensou duas vezes para ir na partida diante dos mexicanos. Em sua rede social compartilhou mensagem de apoio a seleção brasileira, garantiu que torcerá para o Brasil nos próximos jogos.

“Obrigada a todos! E desculpem, não consigo responder diretamente a cada um de vocês, mas vocês são todos incríveis. Estou muito feliz por ser parte do time brasileiro nesta competição. Eu torcerei pelo Brasil nos próximos jogos e espero que vocês vençam! Desculpem-me pelo inglês ruim”.