Todas as regiões do Estado terão castração de cães e gatos gratuitamente

Foi aberto processo licitatório para a contratação do serviço de castração em clínicas veterinárias para as oito regiões do estado
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Todas as regiões do Estado do Rio de Janeiro vão disponibilizar, gratuitamente, castração de cães e gatos. A garantia é da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, em resposta ao deputado estadual Anderson Alexandre (SDD), que solicitou o serviço, preocupado com o abandono e aumento da população de animais nas ruas.

O órgão estadual informou ter realizado processo licitatório para a contratação do serviço de castração em clínicas veterinárias para as oito regiões do estado: Centro-Sul, Metropolitana, Noroeste, Norte, Serrana, Costa Verde, Baixadas Litorâneas e Médio Paraíba.

De acordo com o deputado Anderson Alexandre, até no interior o abandono de animais é alarmante, devido aos apelos que chegaram ao seu gabinete, principalmente dos municípios de Casimiro de Abreu, Itaboraí, Rio Bonito, Silva Jardim e Tanguá. Os relatos são de que ONGs e protetores independentes de animais estão assoberbados e não têm mais condições de absorver novos bichos.

“Agradeço ao governo do estado por entender a gravidade da situação e providenciar o processo licitatório para a castração de cães e gatos. Vai ser uma forma de amenizar esse grave problema social que estamos enfrentando porque animais abandonados adoecem e podem transmitir doenças”, afirma o deputado estadual Anderson Alexandre.

Deputado estadual Anderson Alexandre – Foto: Divulgação / Alerj

Atualmente, castramóveis fazem a esterilização cirúrgica de cães e gatos nos bairros: Bangu, na zona oeste do Rio; Maracanã; e Irajá, na zona norte. Ainda de acordo com a Secretaria de Agricultura, através do site rjpet.com.br, o cidadão pode agendar o melhor dia, local e horário para realização das castrações.

Abandono é considerado crime de maus-tratos no Brasil, com punição que vai de multa e perda da guarda do animal a prisão. A legislação também prevê pena de detenção de três meses a um ano e multa para quem pratica violência contra animais.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.