Na manhã desta sexta-feira aconteceu uma coletiva de imprensa para definir os jogadores convocados para participarem dos próximos amistosos da Seleção Brasileira, que serão realizados nos dias 7 e 11 de setembro, contra Estados Unidos e El Salvador. Os jogos serão realizados em Nova Jersey e Washington, respectivamente.

Na coletiva o técnico Tite respondeu à perguntas sobre a seleção campeã da Copa, a França, revelou o voto no Modric para melhor do mundo, falou sobre o início de um novo ciclo, surpreendeu ao convocar nomes que antes não eram cotados para serem convocados e também deixou gente de fora. Pelo menos por enquanto…

Segundo o treinador “esse momento é para testar novos talentos que estão sendo revelados, encontrar uma maneira eficaz de jogar para se consolidar como uma equipe forte e capaz de vencer qualquer competição.” Tite também disse que o Brasil não ganharia o mundial da forma que a França jogou e que prefere o estilo de jogo da Bélgica.

Seleção em fase de renovação

Tite fez jus a expectativa de renovação do Brasil para os próximos 4 anos. Jogadores jovens que apareceram pouco nas últimas convocações ou então que nunca tinham sido convocados para seleção principal antes, foram vistos e lembrados. Dentre eles estão: Lucas Paquetá, Hugo, Dedé, Fabinho, Felipe, Andreas Pereira e Éverton.

Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF definiu dois pontos importantes e que precisam ser entendidos para que essa convocação acontecesse:

1º) O goleiro Ederson, do Manchester City, ficou de fora da lista alegando “problemas pessoais.”

2º) Para não prejudicar os clubes nacionais no campeonato brasileiro e semi-final da Copa do Brasil, apenas um titular por clube foi convocado.

  • Eu procuro ser educado e cético, não politicamente correto. O Fabinho tem seis Champions. É a oportunidade. Dedé arrebentou em dois jogos, está em um ótimo momento. Arthur, já havia sido convocado antes, retoma um padrão para dar continuidade ao trabalho. O Andreas foi muito utilizado na base, tem dupla cidadania. Ele belga, os pais brasileiros. Jogando no Manchester United em alto nível. É o momento para dar oportunidade – completou o técnico da seleção brasileira demonstrando uma certa maturidade pós-Copa.

O Flamengo teve dois jogadores na lista, um deles é o goleiro Hugo, titular do time sub-20 do clube e não afetará a condição dos profissionais em suas respectivas competições. Os outros clubes brasileiros que também vão ceder jogadores são: Cruzeiro, Corinthians, Fluminense e Grêmio. O Palmeiras foi o único semi-finalista da Copa do Brasil sem representante na lista.

Os próximos amistosos contra Estados Unidos e El Salvador fazem parte da preparação para a Copa América no Brasil, que será realizada entre os meses de junho e julho do ano que vem. A próxima convocação será realizada no dia 21 de setembro.

Confira os convocados: 

Goleiros: Alisson (Liverpool), Hugo (Flamengo) e Neto (Valencia).

Zagueiros: Dedé (Cruzeiro), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG) e Felipe (Porto).

Laterais: Fagner (Corinthians), Fabinho (Liverpool), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Alex Sandro (Juventus).

Meio-campistas: Andreas Pereira (Manchester United), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Flamengo), Philipe Coutinho (Barcelona) e Renato Augusto (Beijing Guoan).

Atacantes: Éverton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Pedro (Fluminense), Willam (Chelsea) e Neymar (PSG).

Por: Gabriel Malheiros