Cinquenta pessoas morreram e 200 ficaram feridas após um homem atirar do 32º andar do Mandalay Bay, um famoso cassino e resort de Las Vegas, contra multidão que participava de um festival de música perto do hotel na noite deste domingo (horário local, madrugada desta segunda em Brasília). A ação já é considerada o ataque a tiros mais letal da história moderna dos Estados Unidos, segundo a Associated Press.

O suspeito foi morto por policiais, segundo a polícia. As centenas de disparos foram ouvidos durante o Route 91 Harvest Festival, um festival de música country ao ar livre, por volta das 22h (no horário local). A polícia afirma que o atirador, Stephen Paddock, de 64 anos, estava no 32º andar do Mandalay Bay. O número de mortos ainda pode aumentar, segundo um porta-voz da polícia.

Os nomes das vítimas ainda não foram divulgados, mas a imprensa norte-americana informa que policiais que estavam de folga estão entre os mortos e feridos.

No momento do ataque, o cantor country Jason Aldean estava no palco. O artista comentou que ele e sua equipe não foram feridos, mas que “dói no coração que isso tenha acontecido com pessoas que estavam apenas curtindo o que era para ser uma noite divertida”.

De acordo com a polícia local, as primeiras informações de um tiroteio surgiram por volta das 22h30 no horário local, 2h30 da manhã no Brasil.