Foto: Marcos Ramos / Agência O Globo

Tijuca Tênis Clube poderá ser tombado como patrimônio histórico

O projeto também determina o tombamento de todo o acervo do clube.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) irá votar em discussão única, nesta quarta-feira (14/10), o projeto de lei 392/19, do deputado Anderson Moraes (PSL), que tomba o Tijuca Tênis Clube, fundado em 1915, como Patrimônio Histórico e Cultural do Estado do Rio de Janeiro. Caso receba emendas, a proposta sairá de pauta.

O projeto também determina o tombamento de todo o acervo do clube. Por conta do tombamento, fica proibida qualquer descaracterização, procurando preservar suas características originais. ”O clube abriga diversos projetos sociais, incluindo iniciativas patrocinadas por entes federais e estaduais. Por isso, é tão importante que a gente garanta este fundamento espaço de cultura e lazer para a população tijucana”, justificou o autor.

Fonte: Alerj

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.