Terminal do Centro pode ser fechado novamente no que depender dos vereadores Ato seria feito para reformas e atendimento das pessoas que ficam ali durante o dia e a noite

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Terminal Rodoviário do Centro pode ser fechado somente para os passageiros das linhas que passam pelo local, que seria os ônibus das viações Cidade Real, Cascatinha e Petro Ita. Maurinho Branco, do PP, um dos vereadores de Petrópolis, confirmou que existe um processo de licitação para contratação da empresa que fará os reparos no Terminal, e ainda lembrou que este projeto é de sua autoria, quando era presidente da Companhia Petropolitana de de Transportes e Trânsito (CPTrans).

A afirmação do parlamentar foi por conta do comentário de outro vereador, Marcelo da Silveira, do PSB, que afirma sobre a necessidade das obras de manutenção, aproveitando para dizer também sobre a grande quantidade de pessoas que residem no local, frisando que são pessoas dependentes de álcool.

  • As pessoas, principalmente as mais vulneráveis, como os idosos, ficam com medo porque não sabem o que os dependentes são capazes de fazer. Esses caras também precisam de ajuda – disse Marcelo.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, a CPTrans estuda um projeto de melhorias para o Terminal Rodoviário, mas não entrou em detalhes. Maurinho Branco, falou que o projeto é fechar o Terminal, ressaltando que é preciso fazer reparos nos Terminais de Corrêas e Itaipava, também. Ao demonstrar apoio ao projeto, também destacaram, como o vereador Antônio Brito, do PRB, a necessidade de atender às pessoas que ficam perambulando no entorno do Terminal do Centro, dia e noite.

No segundo governo do ex-prefeito Rubens Bomtempo, entre 2004 e 2008, o Terminal já foi fechado quando implementado o sistema do Bilhete Único Carioca, permitindo a quem pagava em dinheiro pagar uma só passagem, na chamada integração. O fechamento do terminal e a construção das rodoviárias do Itamarati, Alto da Serra e no Bingen, foram criticados pelo governo seguinte, do ex-prefeito Paulo Mustrangi, entre 2009 e 2012, que demoliu o terminal do bairro Alto da Serra e reabriu o terminal do Centro. A rodoviária do Itamarati permanece no mesmo esquema de quando foi construída.

Por: Gabriel Malheiros

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.