Foto: Reprodução

Teresópolis: Secretaria de Segurança intensifica fiscalização de motos barulhentas e sem placa

O primeiro bairro atendido foi o Alto, com o saldo de duas motos apreendidas e conduzidas ao Depósito Público Municipal

A Secretaria Municipal de Segurança Pública começou na noite desta terça-feira (8), a intensificar as operações de fiscalização dos motociclistas que, contrariando o Código de Trânsito Brasileiro, insistem em circular pela cidade com motos barulhentas ou sem placas de identificação.

“O alvo principal da Guarda Civil Municipal são as motocicletas com o sistema de descarga alterado, como a retirada do silenciador ou substituição do cano original por outro esportivo, o que vem gerando muitas reclamações por parte da população por conta do barulho. O primeiro bairro atendido foi o Alto, com o saldo de duas motos apreendidas e conduzidas ao Depósito Público Municipal. As operações acontecerão em dias e locais alternados e que não serão divulgados, visto que se trata de infração às leis de trânsito”, explica Marcos Antonio da Luz, secretário de Segu rança Pública.

Pelos incisos XI e XII do artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, circular com veículo com descarga livre, com silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante ou, ainda, com equipamento ou acessório proibido é infração grave, passível de multa e de retenção do veículo para regularização. Já pelo inciso IV do mesmo artigo, conduzir veículo sem placas de identificação é infração gravíssima, passível de multa, apreensão e remoção do veículo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também