TERESÓPOLIS: 500 apartamentos no Parque Ermitage são destinados às vítimas da tragédia de 2011

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social realizam neste sábado (26), busca ativa de vítimas da tragédia de janeiro de 2011, que perderam suas casas e que ainda não têm um imóvel. A ação tem o apoio da Subsecretaria de Habitação/Secretaria de Estado de Cidades e do INEA (Instituto Estadual do Ambiente).

Essas famílias serão inscritas para receber uma das 500 novas unidades, previstas na segunda fase de construção no Parque Ermitage. O conjunto habitacional, que abriga 1.600 apartamentos, ganhará mais 500 imóveis, por meio de recursos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades, e do Governo Estadual.

Para o cadastro, o atendimento acontecerá das 9h às 17h. Uma equipe fixa atenderá na sede da Secretaria, localizada no 2º piso do Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas – antigo Fórum (Av. Lúcio Meira, 375, Várzea). No mesmo horário, três equipes volantes percorrerão os bairros em busca ativa dessas famílias. 

Os documentos necessários são: CPF, carteira de identidade, título de eleitor, NIS atualizado, certidão civil (nascimento, casamento, divórcio averbado e, se viúvo(a), certidão de óbito), termo de interdição e relatório de ocorrência, comprovante de residência no nome do beneficiário ou cônjuge (luz ou água) caso tenha do imóvel perdido, laudo médico (caso haja alguém com necessidades especiais) e documentos do cônjuge iguais ao titular.

A documentação será entregue à Caixa Econômica Federal, no Rio de Janeiro, responsável pela análise e aprovação dos solicitantes.

Foto: Jorge Maravilha

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.