Foto: GIRO Serra

Temporal de 534,4 milímetros em 24 horas é o maior da história em Petrópolis

Até o momento, os Bombeiros Militares registraram cinco vítimas fatais, duas do Morro da Oficina, duas na Rua Washington Luiz e uma pelo Centro.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O índice pluviométrico de 534,4 milímetros registrado em 24 horas é o maior da história de Petrópolis. Com a indicação de alto risco de deslizamento no primeiro distrito e previsão de chuva moderada até amanhã, a Secretária de Defesa Civil emitiu mais dois alertas por SMS.Os informes foram enviados ainda através de canais de televisão por assinatura e grupos de comunicação aplicativo. A medida visa reforçar alertas sobre possíveis mudanças no tempo.

Até o momento, foram cadastradas 365 ocorrências, das quais, 250 são por escorregamentos atingindo casas ou vias nas localidades em 19 localidades.

Entre as regiões afetadas com os deslizamentos estão Alto da Serra, Bingen, Castelânea, Centro, Chácara Flora, Duarte da Silveira, Estrada da Saudade, Independência, Morin, Mosela, Quissamã, Quitandinha, Saldanha Marinho, São Sebastião, Siméria, Valparaíso e Vila Militar. Além dessas, as equipes técnicas da Defesa Civil seguem com as vistorias em localidades anteriormente afetadas pelas chuvas de fevereiro.As equipes também atuam em parceria ao Corpo de Bombeiros no trabalho de buscas na Rua Washington Luiz.

Até o momento, os Bombeiros Militares registraram cinco vítimas fatais, duas do Morro da Oficina, duas na Rua Washington Luiz e uma pelo Centro.

Sobre os desaparecidos, a assessoria do Corpo de Bombeiros informou que os militares atuam nas buscas de quatro vítimas da chuva de ontem (20). A indicação é de que essas pessoas estejam pela Rua Washington Luiz. Além desses, o Corpo de Bombeiros também mantém as buscas pelos desaparecidos das chuvas de fevereiro, em que ainda há uma suspeita no Morro da Oficina e outras três ao longo do Rio Quitandinha.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.