Temperaturas batem 2°C e Petrópolis aquece com Festival de Fondue

Evento, com 37 participantes, segue até o dia 31.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

É frio que vocês querem? Pois, nós temos! A temperatura já bateu em 2°C esta semana assustou os petropolitanos e encantou os turistas. O inverno completa um mês, vai continuar com temperaturas na faixa dos 6°C e na serra fluminense, Petrópolis oferece uma série de opções para o visitante como o Festival de Fondue entrando na reta final. São 37 restaurantes oferecendo fondues, caldos, racletes e cremes até o dia 31. É um programa gastronômico que casa bem com todas as outras opções de entretenimento na cidade. Iniciado dia 09, o festival acontece com apoio da Prefeitura de Petrópolis e TurisPetro.

A rede hoteleira – trabalhando com 70% de sua capacidade segundo as regras sanitárias vigentes – está praticamente lotada em todos os finais de semana e o movimento na cidade, que já aumentou 30%, promete ser ainda mais expressivo até o final do mês, na previsão de lojistas, donos de restaurantes e hoteleiros.

Mas, em Petrópolis e seus distritos mais quentinhos como Itaipava e Posse, o turista se beneficia de duas temperaturas em 24 horas. Ao longo do dia, termômetros chegam a 20° em algumas regiões, o sol brilha todo o tempo e é ideal para passeios em meio à natureza como no Brejal e Bonfim onde há roteiros de turismo ecológico e de aventuras, passeios de jipe e incursões nas produções rurais, sobretudo as orgânicas.

E, à noite, temperaturas caindo, a rede hoteleira e restaurantes tem aquele aconchego com lareiras e cardápios especiais.  Sem contar nas cervejas artesanais da cidade que harmonizam com os pratos ou um tradicional vinho.

Guido Varella, da agência de turismo receptivo Terra Brasilis, recomenda que as reservas na rede hoteleira e na programação de passeios sejam feitos com pelo menos 10 dias de antecedência. “A procura está acelerada e muita gente aproveita regiões como Taquaril, Secretário e Posse para os passeios de todos os tipos, principalmente quem já fez os roteiros históricos tradicionais e quer diversificar”, indica.

Luciano Guimarães, do Luka’s, com dois restaurantes participando do festival, lançou pela primeira vez o fondue de queijo, uma superprodução em um pão especial. Fez tanto sucesso que deve ficar no cardápio dos restaurantes. “A gastronomia está aquecida e é prazeroso ter novidades para oferecer, participar do festival e impulsionar o turismo”, afirma.

O Majórica, em Petrópolis e o Mayorca, em Itaipava, têm recebido muitos pedidos de reserva para os cardápios do festival de fondue. “E quem já experimentou tem elogiado bastante, o que é uma satisfação para a gente”, afirma Ângela Brum Rodrigues, proprietária. O Majórica, no Centro Histórico está oferecendo caldos, cremes e fondue e o Mayorca, em Itaipava, se dedicou aos caldos e cremes.

Um movimento acima do esperado também é verificado na Katz Chocolates, tradicionalíssima na cidade e amada pelos turistas. “É um somatório de coisas positivas com inverno, o festival e as pessoas se sentindo seguras em Petrópolis com normas de segurança sendo seguidas. Isto tudo está estimulando um excelente movimento”, afirma Luciana Montesso, administradora do estabelecimento que oferece um fondue de chocolate dos deuses.

Petrópolis está ao lado de outras cidades serranas do país indicadas como melhores destinos de inverno pelo Ministério do Turismo pela variedade de atrações que oferece para todos os perfis. “O Festival de Fondue é um bom indutor do turismo da mesma forma que se abastece de visitantes que vêm em busca de toda a eclética programação. É uma soma em que todos ganham”, considera o presidente do PC&VB, Fabiano Barros.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.