Temer diz que votar a favor da Previdência não é motivo para ter medo de perder eleições em 2018

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Por Marquezan Araújo

Mesmo com os trabalhos suspensos no Congresso Nacional, por conta do recesso parlamentar, o governo Federal segue em busca de apoio político para aprovar a reforma da Previdência no ano que vem. O presidente Michel Temer afirmou que votar a favor da matéria não é motivo para ter medo de perder votos nas eleições de 2018. A declaração foi dada durante encontro com jornalistas em Brasília, nesta sexta feira (22).

“Eu tenho exemplo das eleições municipais, de candidatos que, na ânsia eleitoral, se colocaram, por exemplo, contra a reforma Trabalhista, contra a reforma do Ensino Médio e perderam a eleição, Outro que apoiou, ganhou a eleição”, exemplificou.

Temer disse ainda que, outros partidos, além do PMDB, PPS, PTB e PSDB, devem fechar questão a favor da aprovação da reforma até a data da votação. Além disso, o líder do Executivo Federal alertou para o fato de a inflação e os juros saírem de controle, caso o texto não seja aprovado.

Durante a reunião, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles falou sobre pontos importantes da reforma e disse que o governo está confiante para a aprovação do texto. “As campanhas de esclarecimentos feitas por outros setores também estão avançando bem. A nossa convicção é que, de fato, chegaremos em fevereiro em condições de votar a reforma”, afirmou.

Projeções do Tesouro Nacional apontam que o rombo no setor previdenciário pode chegar a R$ 181,6 bilhões em 2017. Em 2016, o déficit R$ chegou a 149,73 bilhões, prejuízo 74,5% maior do que o registrado em 2015.

Entre outros pontos, a reforma da Previdência prevê uma idade mínima para se aposentar de 62 anos para as mulheres e 65 para homens. O objetivo também é equiparar as regras previdenciárias dos servidores públicos as dos contribuintes do INSS.

Fonte: Agência do Rádio Brasileiro

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.