Temer cancela agenda com ministros para discutir intervenção no Rio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Michel Temer cancelou uma série de reuniões previstas com ministros nesta segunda-feira (19) para discutir a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

Os ministros Leonardo Picciani (Esporte) e Ricardo Barros (Saúde) tinham agenda com o presidente pela manhã para discutir o orçamento de suas pastas e suas reuniões foram canceladas e serão reprogramadas. O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, também teve sua reunião com Temer cancelada.

Temer reunirá o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional para tratar da intervenção no Rio. Os integrantes do Conselho da República que participam da reunião são, além de Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), líderes da Câmara e do Senado, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, e seis cidadãos brasileiros escolhidos pela Câmara, Senado e presidente. Os integrantes do Conselho de Defesa Nacional tem entre seus membros o ministro da Defesa, o ministro do Planejamento e o ministro das Relações Exteriores.

Na reunião desta segunda-feira, que está prevista para ocorrer no Palácio da Alvorada, ainda serão chamados a participar os líderes da oposição – da minoria na Câmara, José Guimarães (PT-CE), e no Senado, Humberto Costa (PT-PE). Segundo parlamentares, a reunião está prevista para acontecer às 10 horas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.