Suspeito que teria coletado R$300 mil em joias roubadas de mansão de luxo em Itaipava é preso

O homem fazia parte supostamente de uma quadrilha investigada pela polícia desde o início de 2021.

Oficiais da 105ª Delegacia de Polícia, no bairro de Retiro, prenderam na última quinta-feira (25), um homem de 62 anos, suspeito de adquirir o valor de R$300 mil em joias roubadas de uma residência domiciliar de luxo no distrito de Itaipava.

O homem fazia parte supostamente de uma quadrilha investigada pela polícia desde o início de 2021. 3 homens que seriam integrantes desta mesma quadrilha foram presos no último dia 17 do mês de março.

O suspeito foi preso em sua casa no bairro de Copacabana no município de Rio de Janeiro. Na casa teria sido encontrada uma arma permitida e com condições de uso legal com documentação, e munições.

A ação foi realizada através do cumprimento e 10 mandados de prisão em áreas nobres da capital Rio de Janeiro, como Leblon e Copacabana, em sete salas comerciais entre os locais, sendo todas de propriedade do suspeito.

Também foram encontrados outros materiais além da arma, e que passarão por análise da perícia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também