Suspeito de se masturbar em trem escapa de agressão por passageiros e vai preso Imagens mostram que outros passageiros tentam agredir e segurar o suspeito até a chegada da polícia na noite desta terça-feira

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um homem qu e teria se masturbado perto de uma mulher dentro do trem foi preso na Estação Engenho Novo, Zona Norte, na noite desta terça-feira. Imagens gravadas na composição mostram que outros passageiros tentam agredir e segurar o suspeito até a chegada da polícia.

A PM foi até o local e levou o homem para a Cidade da Polícia. O caso foi registrado na 24ª DP (Piedade).

De acordo com a SuperVia, esta é a segunda vez em uma semana que os seguranças são acionados para um caso de assédio sexual em trens. O último ocorreu no dia 27 de setembro, quando um homem também foi detido em uma composição que ia de Santa Cruz à Central do Brasil.

Desde 2006, a concessionária já registrou 63 queixas de assédio sexual dentro dos trens ou em estações. Do total, dez ocorreram em 2017. A concessionária afirmou que seis homens foram presos suspeitos por estes crimes em 2017.

“A concessionária lamenta os casos de desrespeito às mulheres e esclarece que cumpre as medidas que visam protegê-las, como a disponibilização de um carro exclusivo por trem para elas nos horários de maior movimento (das 6h às 9h e das 17h às 20h). A comunicação visual também conta com adesivos e cartazes nas portas e interior dos vagões. A concessionária veicula avisos sonoros para reforçar a importância de que o carro feminino seja respeitado”, disse a SuperVia por meio de nota.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.