A carteira de habilitação do motorista suspeito de atropelar e matar idosa nos Jardins, na Zona Oeste de São Paulo, recebeu mais de 400 pontos nos últimos anos, segundo relatou o advogado da família, Ademar Gomes, em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (2) em São Paulo.

O crime aconteceu na última sexta-feira (26) quando Audenilce Bernardina dos Santos, de 65 anos, caminhava para o trabalho por volta das 6 horas. Ela foi atropelada no cruzamento da Rua Augusta com a Alameda Franca. Uma testemunha disse que o motorista chegou a sair do carro e olhar para a idosa atropelada, mas voltou para o carro e saiu.

Segundo o 78º Distrito Policial (DP), Jardins, onde o caso é apurado, com o impacto da batida, Audenilce foi arremessada a 15 metros de distância do local.

Em 2014, o mesmo motorista atropelou e matou um motociclista sem ter prestado socorro a bordo de um Mustang no Itaim Bibi. Pelo acidente, ele foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, com o agravante de ter fugido do local. O homem foi condenado pelo crime este ano.

Fonte: G1

Crédito da foto: Folha de Pernambuco