SOS Chuvas: 24 universitários já se inscreveram no programa de estágio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O SOS Chuvas já conta com 24 universitários inscritos no programa de estágio voluntário. São estudantes de engenharia e arquitetura da Universidades Estádio de Sá ou da Universidade Católica de Petrópolis que se colocaram à disposição do programa para trabalhar nas áreas de Defesa Civil, Obras e Meio Ambiente. O projeto foi criado para impedir o avanço das ocupações e construções irregulares na cidade, reduzindo os prejuízos causados pelas chuvas de verão. Cada setor da prefeitura vai utilizar os estudantes dentro da sua atribuição, sempre acompanhado de um responsável técnico.

Nesta terça-feira (25.09) sete alunos da Estácio se apresentaram na sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias para conhecer a dinâmica de trabalho dos técnicos da pasta. As ações do programa são direcionadas para articulação e mobilização comunitária, com a distribuição de panfletos informativos e de orientação; fiscalização e controle da ocupação desordenada e de proteção ambiental.

“Para os alunos o desenvolvimento profissional é indiscutível, pois vão trabalhar com profissionais competentes da prefeitura, desde geólogos, engenheiros e arquitetos. Eles vão além das salas de aula e vão ver na prática o que aprenderam na teoria. É uma parceria importante e que vai garantir diversos benefícios para o futuro da cidade”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

Nathan Miranda Gazineu David, aluno do 4º período do curso de arquitetura da Estácio, explica que soube da oportunidade de estagiar na prefeitura através na universidade e correu para garantir o seu lugar. O desenvolvimento profissional e a oportunidade de conhecer a realidade da cidade chamaram a atenção dele.

“É uma chance de garantir mais experiência e de evoluir na minha área. Quanto mais vivência em campo, melhor para a gente. Quero atuar um pouco em cada secretaria para ver o que em que área eu quero seguir minha vida. Vai ser uma oportunidade importante e vou agarrar com toda força”, disse Nathan.

O programa SOS Chuvas foi criado pelo prefeito Bernardo Rossi em 2017, buscando a redução dos danos humanos, materiais e ambientais causados pelas chuvas de verão.

“O foco do programa é a não expansão das áreas de risco no município. Os estagiários trabalham justamente com a fiscalização, mobilização e conscientização comunitária. É uma experiência importante na vida de cada um”, completa o secretário de Defesa Civil.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.