Diogo Adriano Costa Campos foi assassinado a tiros em São Luís (MA) — Foto: Arquivo pessoal

Sobrinho-neto do ex-presidente, José Sarney, é assassinado após discussão de trânsito

O caso será investigado pela Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP)

O publicitário Diogo Adriano Costa Campos, de 41 anos, foi assassinado com um tiro no pescoço no início da tarde desta terça-feira (16/06) após uma discussão de trânsito na Lagoa da Jansen, em São Luís.

Ele era sobrinho-neto do ex-presidente da República, José Sarney, e era pai de uma menina.

O caso será investigado pela Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para fazer a remoção do corpo.

De acordo com as primeiras informações, após uma colisão entre um Kwid branco e um Argo vermelho, foi iniciada uma grande discussão entre dois condutores, momento em que o motorista do Argo em posse de uma arma de fogo e desferiu disparos contra Diogo Sarney.

O acusado teria sido preso pela Polícia Militar minutos depois.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também