Diogo Adriano Costa Campos foi assassinado a tiros em São Luís (MA) — Foto: Arquivo pessoal

Sobrinho-neto do ex-presidente, José Sarney, é assassinado após discussão de trânsito

O caso será investigado pela Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP)
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O publicitário Diogo Adriano Costa Campos, de 41 anos, foi assassinado com um tiro no pescoço no início da tarde desta terça-feira (16/06) após uma discussão de trânsito na Lagoa da Jansen, em São Luís.

Ele era sobrinho-neto do ex-presidente da República, José Sarney, e era pai de uma menina.

O caso será investigado pela Superintendência Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP). Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para fazer a remoção do corpo.

De acordo com as primeiras informações, após uma colisão entre um Kwid branco e um Argo vermelho, foi iniciada uma grande discussão entre dois condutores, momento em que o motorista do Argo em posse de uma arma de fogo e desferiu disparos contra Diogo Sarney.

O acusado teria sido preso pela Polícia Militar minutos depois.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.