Os balanços realizados pela equipe de operação do Bonde de Santa Teresa têm demonstrado a evolução mensal do sistema em relação ao ano passado. Nos sete primeiros meses de 2017, foram transportados cerca de 119 mil passageiros. No mesmo período desse ano, aproximadamente 164 mil pessoas utilizaram o sistema, representando um acréscimo de 38%.

Em virtude do aumento da demanda, o número de viagens praticamente dobrou em relação ao ano passado. Saltou de 6.533 (até julho de 2017) para 12.695 (até julho de 2018).

Esses números são reflexo do esforço do estado em aprimorar cada vez mais o sistema, que opera atualmente com cinco bondes, número compatível com o trecho em operação. Em julho foi iniciada uma nova fase da obra de ampliação do percurso, da Praça Odylo Costa Neto até o Largo do França, proporcionando um avanço na oferta do serviço de 1,5 km em duas vias (subida e descida), passando a atender as comunidades do bairro e entorno.

No início desse ano, com a gestão eficiente dos recursos obtidos com a cobrança da tarifa (revertidos integralmente para a manutenção e melhorias do sistema), foi possível realizar a extensão do trajeto até a Praça Odylo Costa Neto. Além disso, houve intervenções na Estação Carioca; restauração da iluminação do trecho dos Arcos da Lapa e aquisição de todos os insumos necessários à operação.

Fonte: GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO