Sindicato do Vestuário conquista reajuste de 11% para a categoria em Petrópolis

Os percentuais passam a ser aplicados já a partir desde mês, com o retroativo sendo pago no salário do mês de outubro.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O mês de setembro é o período de Data Base para os trabalhadores do vestuário. O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Petrópolis, depois de várias negociações conquistou um reajuste de 11% para a categoria, que abrange os trabalhadores nas indústrias de alfaiatarias, confecções de roupas, estamparias, materiais serigráficos, malharias e confecções, chapéus, bolsas, calçados, entre outros, com abrangência em Petrópolis.

Para chegar a este percentual, foram realizadas três reuniões, entre o Sindicato do Vestuário e o patronal. Inicialmente, o pedido do Sindicato foi um reajuste de 15%, que depois das diversas discussões chegaram ao percentual de 11%, maior, inclusive, do que a inflação prevista para 2021, que hoje está em 8,45%. Com isso, os salários de trabalhadores ligados para funções de costureira, estampador, contador, overloquista, retista, colaretista e operador de Audaces, que era de R$ 1.350,00 passou para R$1.500,00. Já para as passadeiras, a remuneração foi de R$1.154,00 para R$1.281,00. Para as demais funções, o salário que era de R$1.137,00 passou para R$1.262,00.

Para os trabalhadores do setor que recebem acima do piso, ficou acordado que o reajuste é de 6%, sobre os salários de setembro de 2020. Estes percentuais passam a ser aplicados já a partir desde mês, com o retroativo sendo pago no salário do mês de outubro.

“Vale ressaltar que o reajuste do ano passado ficou em apenas 4%. Este ano, depois de várias reuniões conseguimos estes 11%, um aumento maior do que a inflação, com ganho real, importante para manter o poder de compra dos trabalhadores. Foi uma discussão intensa, mas pudemos garantir mais esta conquista”, ressaltou Jorge Mussel, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Petrópolis.

Outra importante conquista para os trabalhadores na Convenção Coletiva de 2021/2022, foi o vale combustível. Quem usa carro ou moto como meio de transporte, a partir de agora, vai poder optar pelo vale combustível, ao invés do vale transporte. O trabalhador deve informar a empresa qual a opção mais viável para ele e a qualquer momento pode voltar atrás, ou seja, se recebe o vale transporte, pode optar, a qualquer momento pelo vale combustível e, se necessário, tem a opção de optar pelo vale transporte novamente.

Além disso, o Sindicato do Vestuário conseguiu com que todas as demais cláusulas, já acordadas em convenções coletivas anteriores, fossem mantidas, como a antecipação do valor de 40% dos salários até o dia 20 de cada mês para os funcionários que assim desejarem; folga de 03 dias úteis após o casamento; férias individuais e coletivas, deverão coincidir, preferencialmente, com o primeiro dia útil da semana e nunca no período que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado; a concessão das férias deverá ser comunicada por escrito ao empregado, com antecedência de 30 dias; horas extras extraordinárias de 2ª a sábado serão acrescidas do percentual de 50% e domingos e feriados de 100%, ente outros.

“Todas essas garantias aos trabalhadores só são possíveis graças aos esforços da diretoria do Sindicato do Vestuário, que lutam por melhorias para a categoria. Por isso, a importância dos trabalhadores apoiarem o Sindicato, sendo sindicalizados, e participando, efetivamente, das discussões em torno das garantias para os mesmos”, finalizou Jorge Mussel.

Mais informações podem ser obtidas no Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Petrópolis, Teresópolis e Guapimirimlocalizado à Rua Marechal Deodoro, nº 209 – 2º andar – salas 213/214, Centro – Petrópolis – RJ, por meio do site http://www.sindicatovestuario.com.br/, dos telefones (24) 2243-6606 e (24) 2243-6039, oua ainda através do e-mail [email protected].

Fonte: Divulgação

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.