O SEST SENAT qualificará, gratuitamente, 1.500 cobradores do transporte coletivo urbano de passageiros para atuarem como motoristas profissionais. É o que prevê o projeto Qualificação Profissional para Cobrador no Transporte Coletivo de Passageiros, desenvolvido em parceria com a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU).

 

O projeto começa em Curitiba/PR, Belo Horizonte (Jardim Vitória)/MG, Fortaleza/CE, Rio de Janeiro (Deodoro)/RJ e São Paulo (Vila Jaguara)/SP.

 

A iniciativa viabilizará a mudança da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) da categoria B para a D, além de ofertar os cursos: Especializado para Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros (Resolução nº 168/2004 do Contran), necessário para o exercício da profissão de motorista do transporte coletivo de passageiros; e Aperfeiçoamento de Motorista para o Transporte de Passageiros, realizado com prática no Simulador de Direção do SEST SENAT.

 

A diretora executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart, destaca que o projeto pretende contribuir para a manutenção da empregabilidade dos trabalhadores do setor de transporte e melhorar a qualidade do serviço. “A iniciativa formará novos motoristas qualificados para o transporte coletivo urbano de passageiros. O transporte está mudando e o SEST SENAT acompanha essas transformações, preparando estes profissionais para o futuro do setor”, afirma.

 

Para participar do projeto, os interessados deverão comprovar vínculo empregatício na função de cobrador de ônibus, dentre outros requisitos exigidos pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran para a mudança de categoria de CNH.

 

Os critérios de participação estão disponíveis no site no sítio eletrônico do SEST SENAT (www.sestsenat.org.br), na página do projeto Qualificação Profissional para Cobrador no Transporte Coletivo de Passageiros.

Fonte: SEST SENAT

Crédito da foto: Reprodução de vídeo